• Postado por Tiago

INTERNA-BRE-GERAL-2---caminhao-lixo-bc---divulgaçao

Coleta vai pesar um pouco mais no bolso do povão

Começa a chegar esta semana, nas casas dos moradores de Balneário Camboriú, o carnê da coleta seletiva de lixo. Antes de abrir a continha e cair pra trás, é bom o povão se preparar porque a fatura ficará 5,93% mais cara. O aumento do preço foi pedinchado pela Ambiental, empresa terceirizada que faz o trampo, e aprovado pela prefeitura.

A gerente regional da Ambiental na Maravilha do Atlântico Sul, Rosicleia Maestri, explica que o reajuste é anual e está previsto no contrato firmado em 1997. Os carnês chegarão às baiucas com valores entre R$ 120 e R$ 260. O cálculo leva em conta o serviço prestado e o bairro onde o sujeito vive. ?Quantas coletas na semana são feitas, se é só coleta ou serviços gerais de varrição junto?, exemplifica a muié.

O reajuste é só metade do que o povo da Ambiental queria. A assessoria de imprensa da prefa informou que a empresa pedinchou um aumento de 13% na tarifa cobrada pelos serviços, mas o prefeito Edson Periquito (PMDB) bateu asas, chamou o pessoal na chincha e resolveu negociar. Depois de muito conversê, o homem-pássaro entendeu que os quase 6% de reajuste estariam bem pagos, pois estão abaixo da taxa de inflação. A empresa justificou que precisava aumentar os preços, pois tava pagando mais pelos materiais usados pra realizar os trabalhos.

Fez cagada

No ano passado, a Ambiental ficou chupando o dedo e não teve aprovado o seu aumentinho. O prefeito-ave não topou o reajuste, pois entendeu que a empresa fazia um serviço de porco, deixando ruas sujas, além de atrasar a coleta do lixo. ?A Ambiental está melhorando o serviço e compreendendo o que queremos para a cidade. Na negociação, reconheceram as falhas do ano passado e querem ser parceiros do poder público na preservação da limpeza do município?, explicou o homem-pássaro.

Na época, o reajuste da Ambiental foi cancelado porque Periquito soube que uma equipe da secretaria de Obras tava tendo que recolher o lixo da praia durante a madruga, além de fazer a varrição na avenida Atlântica, serviços que deveriam ser da empresa terceirizada. Pra piorar, a Ambiental atrasou o recolhimento do lixo da área central, que é a maior produtora de catingueira e deve ter coleta todo santo dia.

Os carnês com a nova facadinha serão distribuídos a partir desta semana. Serão entregues 16 mil boletos, de casa em casa. Os vencimentos serão entre os dias 22 e 28 de fevereiro e os carnês são divididos em 12 parcelas, pro povão não sentir o rombo no bolso de uma vez só.

A Ambiental ganhou a autorização pra fazer a coleta de lixo e limpeza das ruas de Balneário Camboriú há 13 anos e está fazendo o trampo há mais sete.

  •  

Deixe uma Resposta