• Postado por Tiago

Bom relacionamento interpessoal gera motivação no trabalho

A motivação é fator fundamental para o bom desempenho e sucesso de um profissional. É ela que faz com que você aja, crie e vá em direção a seus objetivos e aos objetivos da empresa. Sendo assim, para que uma empresa cresça e prospere, ela precisa de colaboradores motivados e dispostos a lutar pelos objetivos da empresa.

Para tanto, é fundamental que o ambiente de trabalho seja agradável, um ambiente no qual os colaboradores sintam-se à vontade, valorizados e reconhecidos.

Algumas empresas acreditam que proporcionar bons equipamentos, boas instalações, benefícios e até um bom salário é o necessário para ter bons profissionais atuando. Mas cada vez mais as pessoas têm dado importância e valorizado um ambiente de trabalho agradável, em que os funcionários se relacionem bem, sejam respeitosos um com o outro e trabalhem em equipe.

Empresas que ainda mantêm esse pensamento até conseguem ter em seu quadro funcional bons profissionais. Mas, com certeza, profissionais que não estão motivados ou pelo menos não estão dando o melhor de si certamente mudarão de emprego tão logo surja uma nova oportunidade e eles percebam que podem mais.

As pessoas passam a maior parte do tempo no trabalho e, portanto, é natural que desejem que esse ambiente onde estejam seja bom, traga benefícios e bem-estar. Imagine você trabalhando num local onde não há cooperação, onde as pessoas não conversam ou se tratam com indiferença ou grosseria… Percebeu o problema? Certamente essa imagem não é o que você busca para sua vida.

Talvez os empresários estejam pensando: “E como eu faço para que minha empresa seja um ambiente agradável? Não depende de mim”. Eu diria que depende 70% do empregador, sim! Para haver um clima agradável você deve começar dando o exemplo, deixando claro as coisas que valoriza, estando disponível para conversar e ouvir seus colaboradores, valorizando o trabalho em equipe, incentivando que as pessoas se relacionem bem, sejam respeitosas umas com as outras, independente da posição que ocupam na empresa. Comece fazendo uma auto-reflexão de como você se relaciona com seus subordinados, desde os gerentes até a auxiliar de serviços gerais. Verifique onde pode estar errando e corrija seus erros.

E você, enquanto profissional, deve fazer a mesma reflexão: será que você contribui para que haja um clima agradável na empresa? Reflita e corrija seus erros, se houver. Certamente você se sentirá melhor, estará mais motivado e conseguirá um melhor desempenho.

Taísa da Silva Cassol é psicóloga clínica e organizacional – CRP 12/06288

[taisapsico@gmail.com]

O leitor no divã

W.N., 29 anos – Descobri há alguns meses que estou com um problema de saúde e que preciso me tratar. Passo mal de vez em quando e não consigo trabalhar. Além disso, tenho que me ausentar várias vezes para fazer exames e ir ao médico. Isso tem me incomodado um pouco, pois tenho a sensação de que meu chefe não gosta muito dessa situação. Já pensei em pedir demissão, mas preciso realmente do dinheiro, até porque no momento estou gastando muito com medicamentos. O clima fica bem desagradável quando preciso sair ou estou passando mal e eu não sei o que fazer.

Taísa – Ninguém escolhe ter um problema de saúde e se você está passando por isso, infelizmente o jeito é se tratar, seguir as orientações médicas. Já que a situação está tão desagradável, sente e converse com seu chefe, explique o que você tem, o que o médico diz, o que ainda irá precisar fazer e diga que sente muito por precisar faltar ou se ausentar do trabalho, mas que isso é inevitável. Assegure-o de que dará o melhor de si durante o trabalho para compensar suas ausências e de que fará o possível para retornar as atividades normais. Acredito que uma conversa pode melhorar muito essa situação desagradável.

  •  

Deixe uma Resposta