• Postado por Tiago

A noite de quinta-feira foi de tristeza pra família do técnico de informática Almeri Antônio Machado Junior, 20 anos. O rapazinho, que tinha se acidentado na madrugada de domingo, não resistiu aos ferimentos e passou dessa pra uma melhor, no hospital Santa Inês.

A desgraça rolou por volta das 3h da matina, no bairro dos Municípios. Almeri e seu irmão tavam numa motoca Honda Biz preta. Eles desceram pela rua Biguaçu, e quando entravam na Quinta avenida, foram acertados por um carango Fox preto, que vinha voando baixo.

Com o porradaço, os manos foram jogados longe. Almeri teve fraturas feias nas duas pernas, e seu irmão quebrou a perna direita. A motora do Fox, quando viu a cagada que tinha aprontado, largou o possante no meio da rua e siscapoliu. Ela não foi mais vista.

Os manos foram acudidos pelo pessoal do Samu e levados pro hospital Santa Inês. O ferimento de Almeri era grave, e ele acabou perdendo muito sangue. Por conta disso, ficou malemal e passou cinco dias lutando pela vida.

Na quinta à noite, pelas 22h, o rapazinho não resistiu mais e acabou morrendo. Seu corpo foi recolhido pelo instituto Médico Legal (IML) e depois foi liberado pra família.

Horas antes, um comerciante já tinha partido pro além por conta de um acidente. João Carlos da Silva, 61, bateu sua Kombi de frente num poste, no estacionamento do chiquetoso hotel Plaza, em Itapema, às margens da BR-101.

O coitado teve um traumatismo craniano. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu e foi levado pro Santa Inês, no Balneário, mas morreu quando dava entrada no hospital.

  •  

Deixe uma Resposta