• Postado por Tiago

Os pais das crianças peixeiras que dependem das vans pra ir pras escolas precisam ficar atentos. Depois da vistoria que terminou ontem pra regularizar os veículos que fazem o transporte escolar em Itajaí, a Codetran constatou que 25 vans que trampam pela city não apareceram pra receber o selo que regulariza a função e já estão irregulares.

José Alvercino Ferreira, chefão da Codetran, disse que o prazo já foi prorrogado uma vez e não vai mais dar colher de chá. A vistoria começou no dia 27 de julho e deveria encerrar na quinta-feira, mas como o sistema ficou fora do ar durante um dia, Zé decidiu prorrogar até as 18h de ontem. “A partir da segunda-feira, vamos fazer blitz em todas as vias de acesso às escolas e nas escolas itajaienses pra encontrar quem está irregular. Iremos levar cada criança em casa e, depois disso, apreender a van que estiver sem o selo de permissão e notificar o dono”, explicou.

Zé conta que pra ganhar o tal selo que permite o transporte escolar, cada caranga teve que passar por uma vistoria do pessoal da Codetran. “Verificamos diversos pontos como tacógrafo, extintor de incêndio, cinto de segurança e os faróis e lanternas. Também analisamos a carteira de habilitação dos motoristas, que precisa ser da categoria D e não possuir nenhuma pontuação”, emendou.

Em Itajaí, apenas as 64 vans que foram vistoriadas e receberam o selo podem fazer o transporte dos alunos. Pro chefão da Codetran, agora ficou mais fácil identificar quem está irregular. “Como colocamos esse selo no vidro, só vamos abordar quem estiver sem ele. Pedimos aos pais que também fiscalizem, pois se esses veículos não apareceram pra vistoria, alguma irregularidade devem ter”, completou.

  •  

Deixe uma Resposta