• Postado por Tiago

O Corinthians garantiu ontem o 26º título paulista depois de empatar com o Santos por 1 a 1 no Pacaembu, diante de sua torcida. O Timão terminou a competição sem ser derrotado, feito que não rola desde 1972 no Paulistão. A campanha de 49 pontos em 23 jogos, com 13 vitórias e 10 empates, também celebra o quinto título invicto da história corintiana em campeonatos paulistas. O último campeão paulista sem sofrer nenhuma derrota tinha sido o Palmeiras, que em 1972 venceu 15 partidas e empatou sete jogos.

Precisando tirar a vantagem, o Santos iniciou o jogo pressionando o Corinthians e segurando a equipe da casa no seu campo de defesa. Logo aos 2 minutos, Kléber Pereira teve a primeira chance: recebeu o cruzamento de Madson, mas desperdiçou a oportunidade.

Aos 14, Paulo Henrique faz boa jogada e tocou para Germano cruzar da esquerda, mas a zaga corintiana conseguiu afastar. Logo em seguida, Felipe afastou com os pés outro cruzamento rasteiro do Peixe. Quatro minutos depois, Madson avançou pela direita, chutou cruzado e a bola passou perto do gol.

A pressão inicial santista se converteu em gol aos 28, numa cobrança de pênalti. Kléber Pereira recebeu passe sozinho na área. Felipe saiu para dividir e o juiz Sálvio Spínola Fagundes Filho entendeu que o goleiro derrubou o centroavante. Kléber Pereira bateu rasteiro no canto direito, sem chance para Felipe.

Em seguida, o Santos teve uma grande oportunidade de fazer 2 a 0 e chegar próximo de abrir a vantagem necessária para ser campeão. Um bate-rebate na área sobrou para Paulo Henrique, que, de frente para o gol, chutou fraco nas mãos de Felipe.

Mas o Corinthians tranquilizou a partida aos 34, quando conseguiu o empate. Dentinho tocou para André Santos, que entrou pela esquerda e bateu forte, rasteiro, quase à queima-roupa de Fábio Costa.

Depois disso, o Santos não conseguiu mais pressionar a equipe corintiana, que passou a dominar o jogo. No início do segundo tempo, Kléber Pereira ainda teve uma oportunidade ao receber uma bola na área, mas o corintiano Alessandro afastou antes do chute.

O Corinthians teve duas boas chances para virar: primeiro, em cabeçada de Jorge Henrique e depois Ronaldo entrou livre na área e tentou encobrir Fábio Costa, mas a bola ficou nas mãos do goleiro santista. A partir daí, o Corinthians controlou o jogo, apenas tocando a bola e segurando o ataque do Santos para assegurar o título.

  •  

Deixe uma Resposta