• Postado por Tiago

CONTRA-ABRE---s---corinthians-x-internacional---copa-do-brasil---foto-Almeida-Rocha---Folha-Imagem-17.06.09

Ronaldo comemora golaço na vitória de 2 a 0 em cima do Inter

Jorge Henrique e Ronaldo marcaram e ajudaram o Corinthians a dar importante passo rumo ao tricampeonato da Copa do Brasil. Eficiente e vibrante, o Timão fez 2 a 0 no Internacional, na primeira final, e agora joga no dia 1º de julho, no Beira-rio, em Porto Alegre, com boa vantagem. Pra ficar com o título e assegurar vaga na Libertadores de 2010, ano do seu centenário, o Alvinegro pode até perder por um gol de diferença. A missão do Inter é vencer por 2 a 0 pra levar a decisão pros pênaltis ou então por três gols de diferença pra ser campeão.

Na partida de ontem, empurrado por 35 mil torcedores que lotaram o Pacaembu, o Corinthians começou na pressão e por muito pouco não abriu o placar já no primeiro minuto. Após cruzamento pela esquerda, Lauro saiu catando borboleta, Chicão cabeceou, mas Danilo Silva tirou em cima da linha. Na sequencia do lance, Lauro falhou dinovo e a zaga afastou no chutão.

O Inter respondeu num lance polêmico, que gerou chororô colorado. Aos três minutos, Alecsandro invadiu a área pela direita e caiu depois de um carrinho do lateral-esquerdo Marcelo Oliveira. O juizão achou que o beque pegou só a bola e mandou o jogo seguir.

Aos 22, quase que o gorducho Ronaldo deixou sua marca. O Fenômeno se antecipou à zaga e desviou a bola com o pé esquerdo. Desta vez, Lauro se redimiu das primeiras falhas e fez grande defesa. A resposta colorada saiu dois minutos depois. Marcelo Cordeiro invadiu a área pela esquerda e tocou pra Alecsandro. William cortou antes do atacante do Inter concluir pro gol.

Falando em gol, o primeiro do Corinthians veio aos 26 minutos. Marcelo Oliveira, que substituía o titular André Santos, que tá na seleção, fez grande jogada pela esquerda, entrou na área e tocou pra trás. O baixinho Jorge Henrique só teve o trabalho de chutar pras redes, pra alegria da massa corintiana.

Tentando o empate, o Inter passou a tomar as ações da partida. Aos 36, Marcelo Cordeiro cruzou, mas Andrezinho bateu fraco, pra fácil defesa de Felipe. Pouco depois, Magrão cabeceou com perigo e por pouco não deixou tudo igual.

O gordo é phoda!

O Corinthians voltou com tudo pro segundo tempo e aí apareceu toda a categoria de Ronaldo. Aos oito minutos, o gordo ficou no mano a mano com Índio, deu um corte seco no zagueiro e chutou rasteiro, pro fundo do gol, explodindo a Fiel. Os colorados reclamam que no passe pra Ronaldo, o jogador do Curinthia bateu falta com a bola em movimento, o que não pode.

A gauchada quase diminuiu aos 17 minutos. Andrezinho cobrou falta com categoria, mas Felipe se esticou todo e fez defesaça. Aos 30, Taison ficou na cara do gol, mas parou em Felipe, que realizou novo milagre. O goleiro corintiano tava mesmo com o bucuto virado pra lua e fechou o gol no chute de Guiñazu. Pra piorar a situação dos visitantes, o atacante Leandrão, um cabeçudo que tinha entrado no segundo tempo, fez duas faltas por trás e foi expulso.

Com um a mais em campo, o Corinthians tentou ampliar o placar, mas o jogo acabou mesmo 2 a 0 pro Timão, que tá com a mão na taça.

  •  

Deixe uma Resposta