• Postado por Tiago

A caminhada matinal de um casal de moradores de Balneário Camboriú acabou virando uma baita aventura. O tiozinho se meteu a desvendar os mistérios da trilha da praia do Coco e no meio do caminho quebrou a perna. Os bombeiros precisaram suar a tanga pra resgatar o homi e levá-lo pro hospital.

Arnaldo Correa, 53 anos, e sua esposa, de nome não divulgado, tavam batendo perna na praia do Coco, quando resolveram pegar uma trilha mais emocionante. No meio do caminho, que dá acesso ao morro do Careca, Arnaldo sentiu um estalo na perna e caiu.

O homem tava gemendo de dor e, desesperada, a esposa ligou pros vermelhinhos, que tiveram que se virar nos 30 pra chegar até onde eles tavam. Arnando já tinha uma lesão na perna e não poderia se aventurar pelai, mas desrespeitou a orientação médica e acabou quebrando a pernoca.

Se os bombeiros passaram trabalho pra chegar na mata, imagina pra sair com um paciente numa maca e com a perna imobilizada. Como seria muito complicado andar mais de meia hora pra chegar até onde as ambulâncias tavam estacionadas, na praia Brava, em Itajaí, os vermelhinhos decidiram chamar um jet ski.

A motoca náutica encostou nas pedras da praia do Coco e os bombeiros tiveram um trabalhão pra colocar Arnaldo sentado na moto. Depois de muito trabalho, ele ficou sentadinho no jet ski e um guarda-vidas ficou empoleirado em suas costas, pra garantir que ele não cairia no mar.

Depois de todo esse perrengue, o jet ski parou na praia Central, onde uma ambulância aguardava pra levar o tiozinho até o hospital Santa Inês. Arnaldo realmente quebrou a perna, mas se recupera bem do susto.

  •  

Deixe uma Resposta