• Postado por Tiago

A falta de gasolina foi fatal pro Boaventura Cardoso dos Santos, 67 anos. O tiozinho morreu atropelado ao tentar atravessar a BR-101 pra buscar gasosa pro seu carango. A tragédia rolou na madrugada de ontem, no quilômetro 173,9, da rodovia, em Tijucas. Uns quatro veículos passaram por cima do coitado, que partiu pra terra dos pés juntos na hora.

Pelas 2h30, Boaventura parou o seu carro, de placa e modelo não divulgados, na margem da rodovia. Ele seguia no sentido sul, mas ficou sem combustível e teve que sivirar diapé mesmo. Catou uma garrafa de plástico e tratou de buscar um posto de gasolina. No quilômetro 173 tentou atravessar a rodovia e conseguiu escapar da morte.

Ele foi atingido pelo caminhão, placa INR 9776 (Porto Alegre/RS), que seguia na direção da capital da Santa & Bela. O caminhoneiro, Eduardo Santiago Casa Blanca, 28, ainda tentou desviar, mas era tarde demais. Bateu em Boaventura, que foi jogado longe e parou na pista da esquerda. Com isso, outros três carangos passaram por cima do coitado.

O corpo foi levado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú. A polícia Rodoviária Federal (PRF) de Itapema isolou a pista até que o coitado fosse recolhido. Com isso, o fluxo de veículos ficou em apenas uma pista, mas como era de madrugada, não chegou a causar congestionamento.

Ontem de manhã, o corpo de Boaventura foi velado em Biguaçu, city onde morava. O tiozinho era natural de Turvo, mas vivia na rua São Miguel, no município da Grande Floripa, onde trampava como vendedor autônomo.

  •  

Deixe uma Resposta