• Postado por Tiago

A jogatina sofreu mais uma baixa. Os tiras da central de Operações Policiais (COP) fecharam um bingo clandestino que tava funcionando a todo vapor embaixo da arquibancada do Clube Náutico Marcílio Dias, na avenida Sete Setembro, no centrão peixeiro.

Os policiais apreenderam em duas lanchonetes 19 máquinas enganatrouxa e cerca de 1,5 mil reales. Na hora do atraque, cinco trouxas tavam jogando e foram parar na depê acompanhando os comerciantes Adécio Alves Júnior e Michele Cristina da Costa, proprietários dos botecos. Comerciantes e jogadores foram liberados depois de bater um papo com o delegado e vão responder a treta para a dona justa.

Os tiras foram alertados pelos parentes dos viciados, que não aguentavam mais ver mais a família jogando dinheiro fora nas máquinas engana-trouxa. A ação da COP rolou por volta das 20h nas lanchonetes D´Graus e X. As duas bodegas são vizinhas e ficam no centro comercial do Marcílio Dias,

Cinco máquinas tavam nos fundos da lanchonete X e outras quatros nos fundos da D´Graus. O restante das máquinas tava funcionando numa espécie de cassino furreba que ficava no andar superior do D’Graus. Dentro das máquinas, os policiais encontraram cerca de 1500 reais que o pessoal da COP acredita ser o lucro do dia na jogatina.

  •  

Deixe uma Resposta