• Postado por Tiago

A polícia civil da Palhoça investiga o que pode ter matado Juliana Aparecida da Silva, 24 anos. A guria morreu por volta das 5h30 de quinta-feira dentro duma casa que serve como ponto de encontro de usuários de droga no bairro Aririú.

De acordo com os doidivanas que tavam na baia na hora que a guria morreu, Juliana teria tomado um couro do namorado na noite anterior. Depois de levar as porradas, ela saiu da casa e voltou perto das 4h.

Os malacos contaram pros homisdalei que a garota chegou em casa, siagarrou no cachimbo e fumou mais um monte de crack. Depois de tanto fumar, começou a passar mal e caiu na porta do banheiro.

O corpo da garota foi encontrado por Natair dos Santos, dono da casa que costuma abrigar os doidões, em noitadas de muito uso de bagulho. O cara chegou a mexer na garota, mas não tinha mais nada a fazer. Natair foi até um orelhão, onde pediu socorro pros homisdalei. Ao perceber que a companheira tinha partido dessa pra uma melhor, o namorado da moça deitou o cabelo.

O corpo de Juliana foi levado pra necrópsia no instituto geral de perícias (IGP). Mesmo assim, as causas da morte não tinham sido confirmadas. A polícia tá a procura de Sidnei, que seria o namorado da moça. Juliana teve várias passagens pela polícia por envolvimento em pequenos roubos.

  •  

Deixe uma Resposta