• Postado por Tiago

CONTRACAPA---Tanio-Barreto_Foto-Basilio-Ruy_Oakley-SC-Surf-Pro-2009---4-etapa-2

Alagoano radicado em Floripa contou com tropeço de Tomas Hermes pra levar o título do circuito

O surfe catarinense tá com sotaque nordestino. Pelo menos até o final do ano que vem. Nascido em Alagoas, mas morador de Florianópolis desde 1997, o surfista Tânio Barreto não deu mole pra ninguém e faturou o título da temporada 2009 do circuito Catarinense de Surfe Profissional.

Ontem, na praia da Vila, em Imbituba, o brou nem precisou se esforçar tanto pra levantar o caneco. Com a conquista da penúltima etapa do circuito, a da Guarda do Embaú, que teve seu final adiado e rolou na sexta-feira, em Imbituba, Tânio só tinha como concorrente direto ao título o nanico Tomas Hermes, da Barra Velha.

Irreconhecível nas ondas da Vila, que chegaram até quatro metros de altura, o brou da Terra do Pirão não foi nada bem e caiu nas quartas-de-final da última etapa. Ele fez apenas 2,37 pontos e ficou em último na sua bateria. Por isso, o baixinho teve que se contentar com o vice-campeonato da temporada.

Já Tânio Barreto ficou em primeiro na sua bateria das quartas-de-final, agradeceu o tropeço do rival e comemorou o título antes mesmo do final do dia. Mas o brou queria mais. Empolgado com o título antecipado, o alagoano seguiu mandando muito bem e chegou até a bateria final da etapa decisiva.

Competindo de vermelho nas ondas da Vila, Tânio anotou 10,16 pontos, apenas 2,46 atrás de Davi de Jesus, também de Floripa, que foi o campeão da etapa. Completaram o pódio o jovem Yuri Gonçalves e Beto Mariano, este último que tava na briga pelo título até a penúltima etapa.

Em relação ao ano passado, Tânio Barreto superou Tomas Hermes em uma posição, já que terminou 2008 na quinta posição, com 4440 pontos, atrás do brou da Barra Velha, o quarto no geral com 4730 pontos. O título de 2008 ficou com Guilherme Ferreira, que fechou esta temporada entre os cinco melhores.

Além do título de campeão catarinense profissional, Tânio também garantiu vaga como convidado pra etapa catarinense do ASP World Tour 2010, a elite do circuito mundial de surfe. A etapa do antigo WCT ainda não tem local definido pra rolar.

A federação Catarinense de Surfe, considerada a melhor federação estadual de surfe do país, como diz o seu presidente Fred Leite, suou, mas conseguiu terminar o ano muito bem. ?Tenho certeza que a diretoria da Fecasurf tá muito feliz com o trabalho. Foi mais um ano de vitórias. O nível dos atletas tá muito alto?, diz Fred.

  •  

Deixe uma Resposta