• Postado por Tiago

O alagoano Tânio Barreto, surfista radicado em Florianópolis, venceu ontem a penúltima etapa do circuito Catarinense de Surfe Profissional e ficou mais perto do título geral da temporada. Líder do ranking antes do início da etapa da Guarda do Embaú, que por falta de ondas teve de ser finalizada ontem na praia da Vila, em Imbituba, Tânio levou 1500 pontos pelo título e aumentou a vantagem sobre os outros concorrentes.

Agora, o brou soma 5290 pontos e disparou na liderança. A pontuação até pode fazer o manezinho adotado nem precisar chegar tão longe assim na última etapa pra garantir a taça, mas tudo depende principalmente do resultado de Tomas Hermes, de Barra Velha, que aparece em segundo com 4250 pontos. Guilherme Ferreira, atual campeão, Raphael Becker e Beto Mariano têm menos chances. A etapa final começa hoje e termina domingo, também em Imbituba.

Até então vice-líder do ranking, o nanico da Terra do Pirão não foi bem ontem e acabou a oitava bateria, a última das oitavas, em terceiro. Ele foi eliminado por apenas 0,57 décimos. Beto Mariano e Gui Ferreira seguiam com chances de título na etapa inacabada, mas também não aproveitaram a chance. Gui foi eliminado também nas oitavas e Beto parou nas quartas.

O próprio Tânio suou pra chegar às finais. Nas oitavas ele terminou a quinta bateria na primeira colocação, com 12,73 pontos, e avançou às quartas, quando acabou a sua bateria dinovo em primeiro, dessa vez com 12,43. Foi na semifinal que o bicho pegou. Com Vitor Valentin em primeiro, Tânio brigou ponto a ponto com Pedro Norberto. Melhor pra Tânio, que ficou apenas 0,7 décimos à frente.

Pra ficar com o título do circuito Tânio precisa ficar de olho em Tomas Hermes. Isso porque os atletas têm uma das cinco etapas de descarte e Tânio joga fora, até aqui, 750 pontos. Já o baixinho de Barra Velha descarta zero pontos, pois não participou da segunda etapa, em Navegantes. Isso reduzia a vantagem do líder pra 290 pontos, deixando a disputa em aberto.

  •  

Deixe uma Resposta