• Postado por Tiago

“Ouça e preste atenção, meu filho muito amado, pois é o teu pai quem te diz este conselho declamado, se baseado no presente e num experiente passado. Se olhares pros meninos com os pais acompanhados não fiques triste, porque as vezes são uns coitados e não tem a sorte que tu tens e que, mesmo teu pai distante, és por Deus aconselhado.

Ame e respeite sempre os parentes porque foram justamente com eles que vivestes tempos alegres.

Lembra-te desta mensagem que para cumprir o escrito, deixou-se pregar numa cruz o nosso Senhor Jesus Cristo.

Aceite o teu sofrimento, meu amado filho querido. Não deves maltratar ninguém, mesmo se fores ferido.

Deus fez os sinos tocarem, provando assim, para os seus, que Jesus ao terceiro dia voltava a viver como Deus.

Eu sei que estou longe de ti, estou cumprindo o meu destino que há muito já fora traçado, mas pela vontade de Deus regressarei ao seu lado.

Últimas palavras, coroadas de espinhos, perdoando a todos e cumprindo assim seu destino.

Seu gesto foi nossa glória para o pesar dos ateus, morrendo como um ser humano, sendo o senhor nosso Deus.

Eu sou vosso servo, vosso irmão, vosso rei e vosso pai. Sei que muitos, por estes dias comemorativos, vivenciaram algo semelhante, tal qual como eu em dias passados. Revendo algumas fotos e cartas, resolvi representá-los com todo respeito, esperando que com esta carta vos console e juntos vamos lembrar que acima de tudo e todos temos nosso Senhor Jesus Cristo, filho do Deus Pai Eterno, que tudo sabe e tudo pode.

Grande será nossa alegria se nele plenamente confiarmos. Portanto, para que nossa fé seja maior, plena e unificada, apelo mais uma vez para todos que tenhamos uma bíblia padrão, tendo como base os manuscritos originais dos profetas e apóstolos.

Se você tem, alcorão ou torá em português favor me procurar.

Um feliz 2010.”

Ass: Tonho da Cruz

(Transcrito ipsis litteris)

  •  

Deixe uma Resposta