• Postado por Tiago

“Lugar de guri pequeno é dentro de casa”. A frase de muitas mães vai passar a ser lema dos puliças e conselheiros tutelares de Camboriú. Começa a valer hoje o toque de recolher dos dimenores, o chamado “toque de acolher”. A molecada menor de 18 anos que bater perna pelas ruas depois das 23h terá que voltar na marra pra casa.

O programa “acolher e encaminhar” irá tirar os menores de idade das ruas depois das 23h. Os policiais e até agentes da prefa que verem a piazada perambulando pelas ruas deverão levar os guris e gurias até o postinho do bairro Monte Alegre, onde ficará instalada a base do conselho tutelar.

Lá, a rapaziada será cadastrada, receberá atendimento de psicóloga e assistente social. Se tiver tudo beleza, os teimosos serão colocados dentro de uma Kombi e encaminhados pelos conselheiros até a sua casa. Os pais terão que assinar uma advertência.

Caso seja reincidente, os responsáveis pelo moleque serão notificados e terão que explicar pra dona justa porque deixaram o filho na rua. “Não é repressão é prevenção. Queremos diminuir os índices de violência e impedir envolvimento dos adolescentes com drogas e a criminalidade”, explica o conselheiro tutelar Moisés Bernardino.

Os dimenores que tiverem pendengas com a dona justa serão encaminhados pra bater um papo com o promotor. Já a gurizada que estuda à noite estará liberada pra perambular entre a casa e a escola, até as 23h. A medida também vale praqueles que curtem as lan houses. De agora em diante, nenhum menor de idade poderá varar a madruga dentro das casas de jogos e terão que debandar antes da hora estipulada pelo projeto.

  •  

Deixe uma Resposta