• Postado por Tiago

Seu Irineu Rebello Junior, 59 anos, ficou sem chão. Ele, que garante ter sido coordenador geral da festa do colono, tava trampando há seis meses pra prefeitura de Itajaí sem ganhar nadica de nada. Pra piorar a situação, o senhorinho teria sido demitido na semana passada. Ao DIARINHO, disse que foi um dos criadores do evento que, em 2009, faz 27 anos.

Desde o começo do ano Irineu não vê a cor do dindim que deveria receber todo mês. Seu Irineu estranha a situação, porque a prefa nunca ficou lhe devendo antes, nem quando Jandir Bellini foi prefeito da vez anterior. “Fiquei oito anos trabalhando e isso nunca aconteceu”, compara.

Todo vez que a bufunfa não aparecia, seu Irineu perguntava na secretaria de agricultura e desenvolvimento rural o que tinha acontecido. Cada vez era uma história diferente. Agora, a agonia do velhinho teve um fim: ele foi demitido e tá com uma mão na frente e outra atrás, cheio das dívidas. “Eu tô sem crédito, meu nome tá no Serasa”, lamenta.

A tristeza de seu Irineu Rebello é maior ainda com a atitude que a administração do município tomou. “Eles tinham um compromisso comigo”, lamenta.

Tá pirado, diz bagrão

Carlos Alberto Rebelo, secretário de agricultura e desenvolvimento rural, disse ao DIARINHO que seu Irineu tá precisando de ajuda. O secretário diz que ele é aposentado e nunca trabalhou pra prefa. Seu Irineu teria apenas prestado alguns serviços. “Nós estamos muito preocupados. Ele tá fora do ar”, afirma o secretário. Rebelo garante que Irineu tem problemas psiquiátricos e acredita que o motivo dele ter surtado é porque deixou de tomar alguns medicamentos.

O secretário achou até engraçado quando o DIARINHO mencionou que o denunciante não recebeu salário nos últimos seis meses. Rebelo afirma que tentava um convênio para integrar Irineu na feira agropecuária da festa do colono. “Ele tem habilidade, conhecimento”, elogiou. Mas, argumenta o secretário, agora o coitado não teria mais condições. “Essa não é a primeira vez. Isso é uma coisa séria”, alertou.

A intenção do secretário é localizar alguém da família de seu Irineu, já que ele vive sozinho num quarto de hotel.

  •  

Deixe uma Resposta