• Postado por Tiago

A polícia Militar de Itajaí botou as algemas, na madrugada de ontem, no trafica Eder Aparecido do Pilar, 25 anos, que guardava na sala de sua casa um quilo de crack. Além do tablete da droga, os meganhas guentaram com o traste 12 pedras do demo, uma bucha de cocaína e R$ 1136.

A casa de Eder começou a cair quando o cara se assustou ao ver uma baratinha da PM passando na rua Maria Alves Mafra. O tanso tava parado na frente da sua baia esperando um cliente e saiu correndo ao ver os milicos. Como quem não deve não teme, os policiais sacaram que tinha coisa errada e entraram na casa atrás do fujão.

Depois de uma revista perceberam que o malaco tava limpo, mas dando um bizu na baia acharam no telhado as pedras de crack. A busca continuou e os milicos encontraram a grana, um trabuco e até uma pistola de brinquedo. A coisa ficou feia de vez quando os fardados entraram na sala e acharam um torrão de crack pesando um quilo e mais uma bucha de pó. O safado foi levado pra 1ª depê e enquadrado por tráfico de drogas.

Tráfico em cima do boteco

Quem também foi parar atrás das grades foram os traficas José Jéferson de Lima e Wilson César Ferreira, ambos de 34 anos, presos distribuindo porcarias num apê do centro de Navega. O atraque certeiro da PM rolou por volta das 19h30 de segunda-feira, na rua José Juvenal Mafra.

Depois de receberem várias denúncias de que o tráfico rolava solto em cima do bar do Miro, os meganhas pintaram no local e pegaram a dupla saindo na motoca, placa MEL 7959 (Navegantes). José e Wilson tavam com sete pedras de crak mocosadas e não tiveram nem como negar que moravam ali. Depois de uma busca na baia, foram achados dois papelotes de cocaína e cinco munições calibre 38. Os trastes foram presos e entregues na depê dengo-dengo.

  •  

Deixe uma Resposta