• Postado por Tiago

A casa caiu na noite de terça-feira pra uma trafica de Balneário Camboriú. Fabiana Caroline Melo Cunha foi presa pela equipe de investigação da delegacia regional, vendendo porcariada de frente pro mar, na avenida Atlântica. Com ela foram apreendidas cinco pedras de crack. Um foragido da justa que tava por lá também entrou na dança dos enjaulados.

Passava das 22h quando os homisdalei baixaram no calçadão da beira-mar, pertinho da rua 1131, e comprovaram que uma porrada de viciadinhos tava por lá comprando porcariada. Abordaram nove pessoas que tavam comendo mosca. Depois de revirar a marmanjada de cabeça pra baixo, charam nos bolsos de Fabiana cinco pedras do capeta.

Com ela foram apreendidos ainda 50 pilas e um celular. Como os usuários da área melaram a cueca e admitiram terem comprado droga com a moçoila, os policiais colocaram a pulseira de aço na acusada. Ela foi levada pra delegacia onde ganhou uma vaga no xadrez por tráfico. Fabiana já é conhecida dos tiras e volta e meia cai por vender ou portar porcariada.

Junto com Fabiana, pra surpresa dos policiais, caiu na garra da puliça o viciadinho Adecir Antônio Rodrigues da Silva, que tá devendo pra dona justa. Os homis consultaram o nome do carinha no sistema cagueta e descobriram que ele estava pedido pela comarca de Itapeva, em São Paulo, por não pagar pensão alimentícia de seus filhotes. “Ele é usuário de drogas e estava lá junto no momento da abordagem”, conta o investigador Pedro Bittencourt.

  •  

Deixe uma Resposta