• Postado por Tiago

A polícia Militar de Camboriú tirou dois quilos de maconha de circulação ontem à tarde. A porcariada tava na mochila de um traficante, que tentou passar o migué, dizendo que iria fumar tudo sozinho. O cara foi enquadrado por negociar porcarias e ganhou uma vaguinha no xilindró.

O atraque rolou por volta das 15h, quando os milicos que faziam rondas pelo bairro Monstro Alegre desconfiaram de um cara que tava na garupa de um mototaxi, com uma baita mochila nas costas, e resolveram chegar mais perto. Assim que percebeu a presença dos meganhas, o caroneiro mandou parar a moto, na rua Monte Bonette, e saiu correndo desembestado.

Os puliças não tiveram dúvidas de que o cara tava aprontando alguma, e o seguiram. Valdevino Portes, 24 anos, tentou entrar na pensão onde mora, mas não conseguiu fechar o cadeado a tempo e foi pego no pulo pelos milicos.

A mochila do cara foi revistada, e os meganhas tiraram a sorte grande: ali dentro, dando sopa, tavam dois tijolões de erva do Bob Marley, que juntos pesavam mais de dois quilos.

Os fardados fizeram o traste levá-los até o quartinho onde ele tava morando, pra dar uma geral, e acharam mais um punhadinho de marofa cortada em cubinhos, duas pedras de crack e 153 pilas em dinheiro miúdo.
Valdevino e toda a porcariada foram levados pra depê. Carudo, ele jurou de pés juntos que não iria vender os dois quilos de maconha, ia colocar tudo num baseado gigante e fumar até ter um treco. A desculpa não colou e o delegado Rodrigo Coronha o enquadrou por tráfico.

  •  

Deixe uma Resposta