• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-CINCO---ABRE---CAPA-p---trafico-e-oculos-4

Badulaques encontrados eram moeda de troca no mundo do crime

A casa caiu pra um trafica de Camboriú. Tiago de Lima Brito, 20 anos, foi enjaulado na noite de domingo com uma pedrona de crack. A polícia informou que se fosse picada, a porcaria renderia uma montoeira de pedritas. Na casa do rapaz, no bairro Monte Alegre, foi encontrada uma carrada de óculos e equipamentos eletrônicos que podem ter sido usados pelos viciadinhos como moeda de troca pra compra da pedra do dêmo.

Uma baratinha baixou na rua Monte Agulhas Negras, e deu o atraque no rapaz que tava por lá, de papo pro ar. Vendo que não tinha mais escapatória, o moço ainda tentou jogar no chão a pedrona de 20 gramas de crack. Pelas informações dos homisdalei, se fosse picada a porcariada renderia de 50 a 100 porções.

Os milicos tavam ligados no lance e grampearam Tiago com a mão na massa. Baixaram na casa dele e reviraram a baiuca de cabeça pra baixo. Depois de escarafuncharem por todo canto, encontraram 11 óculos de sol com capinha e etiqueta de preço. Por mais que o suspeito jure de pés juntos que é estiloso pacas, os meganhas duvidaram que ele tinha comprado aquela montoeira de óculos.

Na revista os tiras encontraram também uma mesa de som, daquelas de DJ, microfones, baterias, monitor de computador, entre outros aparelhos eletrônicos. Pra polícia, a bagulhada é furtada e foi usada pelos viciadinhos como moeda de troca na compra de drogas. Com Tiago, foram guentados ainda R$ 468 em grana miúda, coisa comum no comércio de porcarias. Com tantas evidências, o trafica estreou a ficha na puliça e foi mandado pra trás das grades.

Matadouro

Uma dupla de traficantes foi presa na noite de domingo, na rua Pedro José João, o popular Matadouro. Rodrigo Alexandre dos Passos, 18 anos, e Rodrigo Staratovisky, 28, tavam premiados com uma pedra grande de crack que seria dividida pra atender os viciados da área.

Os milicos também encontraram 44 pedrinhas embaladas e prontas pra venda, um torrão de maconha e uma graninha do tráfico. Os meganhas tavam em ronda quando viram os dois safados. Na revista, encontraram a droga. Em seguida, pintaram na casa de Rodrigo para dar uma bizoiada na baiuca do trafica. Encontraram uma imitação de pistola, várias sacolas que serviam para embalar o crack, uma tesoura e um rolo grande de plástico.

Com a descoberta da droga, a dupla foi presa em flagrante e mandada pra segunda depê peixeira. Depois de uma conversa ao pé do ouvido com o delegado, os traficantes foram levados pro cadeião peixeiro, que fica pertinho da casa dos traficas, no Nossa Senhora das Graças.

Mais um

Outro trafica foi preso na madrugada de ontem, na rua Antônio Fóes, no bairro Fazenda. Pedro Paulo de Quadros, 26, caiu com 21 pedras de crack embrulhadas e prontas para a venda. Além da droga, o traficante tava com mais uma graninha da venda da porcariada. Depois do plá com o delegado, o cara foi levado pro cadeião do Itajaí.

  •  

Deixe uma Resposta