• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE---POLÍCIA----PÁGINA-CINCO-p---andré-Luis-Soares-Silva---Apreensão-ecstasy-bc INTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-CINCO-p---jurandir-ferreira-de-paula---apreensão-de-ecstasy-bc

André Luís (E) e Jurandir Ferreira vendiam porcarias que fazem sucesso nos balança-tetas

Dois traficantes de ecstasy, a droga usada por playboys e patricinhas pra tocar o terror nos balança-tetas, foram grampeados pela polícia militar ontem de manhã, em Balneário Camboriú, com 100 compridos. Parte da porcaria tava com os trastes, na avenida Alvin Bauer, e o restante tava mocosado num apê, onde a polícia também catou R$750. Os caras ganharam uma passagem só de ida pro presídio superlotado da Maravilha do Atlântico

Pouco antes das 10h da manhã, os meganhas davam umas bandas pela avenida Alvin Bauer, perto do cruzamento com a Terceira avenida, quando viram dois homens em atitude suspeita, ao lado do Gol, placa MBI-2635. Quando os trastes perceberam a aproximação da baratinha e acharam que o negócio poderia ficar feioso, um deles jogou um pacote num terreno baldio. Os puliças fizeram buscas no terreno e acharam o embrulho, que tava recheado com 50 comprimidinhos de ecstasy. Eles revistaram os traficas, só que os espertinhos não tinham escondido nada nos bolsos. Dentro do carro os homis acharam uma buchinha de maconha e a chave de um apê. Com a descoberta, o dono do carro, André Luís Soares Silva, 27 anos, e seu comparsa Jurandir Ferreira de Paula, 24, receberam o teje preso. No apartamento de André a polícia encontrou mais 59 comprimidos de porcaria, além de 15 pontos de LSD, quatro buchinhas de maconha e um pacotinho com MD, uma droga que é novidade no mercado. Tudo tava dentro do quarto do cara. Também acharam uma renca de aparelhos eletrônicos de procedência suspeita, e 10 celulares de várias marcas e modelos.

  •  

Deixe uma Resposta