• Postado por Tiago

A casa caiu na manhã de ontem pra Jocinéia de Oliveira, 29 anos, e pra Sarah de Freitas Adriano, 39. As duas foram pegas em flagrante com 395 pedras de crack e uma bucha de cocaína, na servidão Olaris Maria dos Santos, bairro Ipiranga, em São José.

A prisão das moçoilas foi possível graças a uma investigação da Diretoria Estadual de Investigações Criminais da capital (Deic). Na sexta-feira, a polícia enjaulou Elizabeth Rosa Bernardo, 20, perto dali, no jardim Solemar. Na hora do atraque ela cortava e empacotava pedaços de maconha pra vender.

A porcaria foi apreendida e Elizabeth encaminhada pra delegacia. A região se tornou alvo de investigação da polícia devido à movimentação de traficantes.

O delegado Alexandre Kale explica que o crack é uma das drogas mais consumidas nos morros da capital. Kale acrescenta que a polícia intensificou as operações na região pra tentar conter o consumo da porcaria, principalmente entre os menores que moram nos morros da região.

Balneário

Um aborrescente de 17 anos terminou a noite de domingo na delegacia. Os milicos passavam pela avenida Atlântica, no Balneário, quando viram o dimenor com cara de quem tava aprontando. Com ele foram encontradas cinco pedras de crack prontas pra serem vendidas.

  •  

Deixe uma Resposta