• Postado por Tiago

Os homisdalei ainda buscam os três trastes que meteram um assalto na Rede Cash, o banco popular ligado ao Banco do Brasil. Na quinta-feira, os trastes atacaram a agência, que fica na Quarta avenida, no centro de Balneário Camboriú, e roubaram R$ 11 mil.

O ataque aconteceu na hora que os funcionários das agências fechavam as portas. Eles liberaram o sistema de segurança interno pelas 17h. Foi nesse momento que um dos bancários foi até a porta pra passar a chave. Os três pilantras aproveitaram pra meter o “mãos ao alto”.

A vítima teve que entrar no banco, onde os vadios renderam os outros funcionários. Trancaram todo mundo no banheiro e mandaram ficarem quietinhos, pra não tomar uma azeitonada na cachola. Com o caminho livre, os vagabundos roubaram R$ 11 mil, recém retirados dos caixas da agência.

Ainda recolheram um revólver calibre 38 do vigilante, um notebook, celular e carteira de documentos de um dos trabalhadores da agência. Com a grana em cima, os putos simandaram. Só 30 minutos depois do ataque, as vítimas conseguiram botar a porta do banheiro abaixo e pedir socorro.

A polícia militar foi chamada, fez várias voltas pela região, mas não encontrou nenhum malacabado. A polícia civil, que tá investigando o caso, pretende levantar as imagens das câmeras de monitoramento da região pra ver se identifica os bandidos. Não tá descartada a hipótese de uma quadrilha especializada em ataques a bancos ter agido por aqui.

A Rede Cash é um correspondente bancário, uma espécie de banco popular, ligado ao BB. Por lá ficam restritas as operações de recebimento e pagamento de contas e a agência tem menor movimentação financeira que um banco comum.

  •  

Deixe uma Resposta