• Postado por Tiago

O final de semana foi trágico nas rodovias do litoral catarinense. Adelto Rodrigo Alves Marcelino, 19 anos, Jefferson dos Santos Antunes, 20, Bento Marcelino Cardoso, 40, e Alex Henrique Rita, 23, partiram dessa pr’uma melhor ao se envolver em acidentes de trânsito.

Na rodovia Jorge Lacerda, nos Espinheiros, em Itajaí, pouco antes da meia noite de sexta-feira, o Peugeot, placa AND 8202 (Blumenau), se chocou com o caminhão, placa AFK 8905 (Paraná). Jefferson, que era passageiro do carango, não resistiu ao porradaço e morreu no local. O motorista do veículo Marcos Henrique e o outro passageiro, Orlando Rodrigues da Silva Netto, 29, ficaram gravemente feridos e foram encaminhados para o Hospital Marieta. O motora do brutus não sofreu nenhum arranhão.

Os bombeiros não tiveram nem duas horas de descanso depois deste acidente. Lá pela uma da madruga de sábado, uma batida no km 126 da BR-101 fez os vermelhinhos voltarem pra estrada. O motoqueiro Adelto se descontrolou e caiu no meio da pista com a sua motoquinha, uma Yamaha 125, placa MST 0407 (Camboriú). O motora não conseguiu mais se levantar da queda fatal. Um outro carro estava trafegando pela BR não enxergou o motoqueiro e passou por cima. Adelto chegou a receber atendimento dos vermelhinhos, mas não resistiu e morreu no local. O outro motorista envolvido na treta siscapuliu antes da chegada dos policiais.

Em Tijucas, também rolou tragédia. Por volta das 2h45 se sexta-feira, na SC-411, um brutus atingiu uma motoquinha que virou em nada. Um caminhão Mercedes Benz, placa LXZ 3558 (Blumenau), bateu na moto, placa ILA 6746 (Tijucas). O condutor da cabritinha, Bento, não resistiu ao porradaço. Já o motorista do brutus saiu diboa do acidente.

Corrida fatal

Uma prova de que as bobiças no trânsito sempre terminam em tragédia rolou na tarde de sábado, em Laguna, sul do estado. Um racha entre uma motoquinha e uma caminhonete terminou na morte do jovem Alex Henrique Rita, 23 anos.

Os dois motoras abobados tavam apostando corrida na BR-101, km 321,9, quando o condutor da cabritinha CG, placa MFM 1501 (Capivari de Baixo) perdeu o controle e bateu na lateral da caminhonete Toyota Hilux, placa MHN 8080 (Joinville).

Alex, que tava na motoca, morreu no local. Já o motora da Hilux, Valdir do Rosário, 48 anos, teve mais sorte e nada sofreu.

  •  

Deixe uma Resposta