• Postado por Tiago

Lerdeza na frente da Wood?s é gigante em dia de balada

O trânsito em frente às baladas da avenida Atlântica, em Balneário Camboriú, poderá ser modificado a partir de quarta-feira. A proposta é transformar a faixa da esquerda da avenida em trânsito lento e deixar a faixa da direita pro tráfego rápido dos carangos. O pessoal do trânsito de Balneário acredita que, com isso, as filas do povão que passa divagarzinho na frente das casas noturnas vai diminuir.

As modificações só valeriam a partir do início da noite e o tráfego voltaria ao normal com o fim das festas, segundo a proposta. ?É pra quem quiser dar uma paquerada e acessar às casas noturnas?, explica o secretário de Turismo e vice-prefeito, Cláudio Dalvesco.

O vice garante que a modificação não seria tão grande, já que a pista da esquerda já é lenta pacas, principalmente na frente da Wood´s, que é a balada que mais segura fila e faz com que muito marmanjo passe de carango divagarzinho pra paquerar as gatinhas sertanejas. ?Seria uma atitude pra escoar o trânsito, porque as reclamações são muitas, mas também sabemos a importância da vida noturna pra nossa cidade?, justifica Dalvesco.

Pela proposta, as vias serão sinalizadas com cones e placas nas duas mãos. Guardinhas ficariam no local pra orientar a passagem dos veículos e ainda seriam utilizadas as câmeras de monitoramento pra garantir que a pista da direita não ficará parada. Também há a proposta dos próprios seguranças das casas noturnas colaborarem e darem um puxão de orelhas nos abelhudos que não deixarem a avenida fluir.

Dalvesco acredita que as modificações poderão ser implantadas como teste já na noite de 20 de janeiro, em caráter de experiência. Se der certo, poderá ser implementado não apenas na temporada de verão, quando o movimento triplica, mas durante todo o ano. ?Depois poderemos pintar a sinalização no próprio asfalto?, lascou. Ficou acertado ainda que os donos das baladas terão a responsa de bancar os cones, placas e até ajudar nas campanhas de conscientização dos motoras.

Prefa será responsável

Embora a proposta vá contra o que os motoras aprendem na autoescola, que a faixa da esquerda é pra trânsito rápido, a modificação não é ilegal. O especialista em segurança no trânsito, Carlos César Pereira, garante que as medidas podem ser realizadas, mas são de inteira responsabilidade da prefa. Caso algum motora fique confuso e provoque uma trombada no local por conta da transformação, a prefeitura terá que arcar com as consequências. ?Pela lei, o trânsito agora é de responsabilidade do município. Eles terão que se responsabilizar pelos incidentes?, falou.

César, que é pós-graduado em administração em segurança no trânsito, duvida que a proposta irá ajudar a diminuir as filas na frente das baladas. ?Se eu quiser passar na pista rápida a 40 km/por hora, eu vou?, disse.

  •  

Deixe uma Resposta