• Postado por Tiago

Um acidente de trânsito acabou com a vida de Paulo João Vitorino, 59 anos. O tiozinho não resistiu aos ferimentos que sofreu ao cair da moto no início da madrugada de ontem. A tragédia rolou na avenida do Estado, no bairro Ariribá, na divisa entre o Itajaí e o Balneário Camboriú.

Ninguém sabe apontar ao certo como aconteceu o porradaço que motivou a desgraceira. Os baladeiros de plantão que passaram pela região rumo às festas do Balneário só notaram que o acidente tinha rolado depois que Paulo já estava estatelado no meio da pista, ao lado da moto, placa MHR 2222 (Balneário Camboriú).

Quando as testemunhas viram o motoqueiro, ele já tava inconsciente, com ferimento na cabeça e por todo o corpo. A vítima foi socorrida pelo Samu e recebeu os primeiros socorros no local. Foi levado em estado grave ao pronto-socorro do hospital Santa Inês, que fica pertinho do local do acidente.

Apesar do resgate e atendimentos, como estava malemal, uma hora depois do porradaço Paulo não guentou e morreu. O corpo passou pela perícia do instituto Médico Legal (IML) do Balneário e foi liberado ontem pro enterro.

Os zolhudos de plantão que batem ponto no posto Brava, na divisa entre as duas cidades, contaram que a queda da moto de Paulo teria rolado depois que ele bateu em outro veículo não identificado, que transitava pela avenida na direção do Balneário. A informação não foi confirmada pela polícia.

São José

O motoqueiro Sitiano Nocena perdeu o controle de sua motoca na noite de sexta-feira e morreu num porradaço que deu contra um poste. A tragédia rolou às 19h, na rua Antônio Jovita Duarte, no bairro Forquilhinha, em São José, na Grande Floripa.

  •  

Deixe uma Resposta