• Postado por Tiago

A troca de comando da polícia militar de Balneário Camboriú promete dar o que falar. Representantes dos conselhos comunitários de segurança e entidades organizadas da city anunciam que vão fazer um panelaço, hoje, às 10h no batalhão da Maravilha do Atlântico, em protesto contra a saída do comandante da 3ª região, coronel Albanir Santos, e do chefão do 12º Batalhão, coronel Edemir Meister.

Com faixas, cartazes e vestindo camisetas pretas e brancas, o povão promete botar a boca no mundo. “Não é contra os comandantes que entrarão, mas sim contra a decisão de trocá-los”, explicou um dos organizadores do berreiro, o presidente da federação dos Consegs, Valdir de Andrade.

A concentração do grupo vai rolar a partir das 9h30, na esquina da rua Itália com a rua Palestina. Os manifestantes devem caminhar até o batalhão pra protestar. Integram a trupe os representantes dos taxistas, comerciantes e a galera preocupada com a segurança da cidade.

Valdir conta que os Consegs enviaram ao governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) e ao secretário da segurança pública da Santa & Bela, Ronaldo Benedet, um documento repudiando a decisão. “O documento apontava que os problemas de segurança não estão aqui no nosso comando”, diz Valdir. Pra ele, a treta rola por falta de efetivo pra trabalhar. Até o fechamento desta edição a chefia do estado não tinha respondido a carta.

O presidente da federação dos Consegs ainda conta que tá sendo editado um vídeo da reunião que rolou com o secretário Benedet no dia quatro de maio, na câmara de vereadores de Balneário. Eles pretendem mandar uma cópia ao próprio secretário. “Pra refrescar a memória dele. Pra ele lembrar que disse que aqui não há violência”, lascou Valdir.

Os representantes das entidades acreditam que a troca de comando foi decidida depois que os mesmos manifestantes realizaram uma passeata no dia sete de maio berrando pelo aumento do policiamento e por mais segurança na city. Pro DIARINHO, o coronel Eliésio Rodrigues garantiu que a transferência dos comandantes é um ato de rotina dos meganhas.

Troca do comando

A troca do comando está marcada pra rolar a partir das 10h, no batalhão dos milicos, na rua México. Quem assume a chefia do 12° batalhão, no lugar do coronel Edemir Meister, é o tenente coronel de Blumenau, Cláudio Roberto Koglin, conhecido por ser linha dura. Já o coronel Albanir Santos entrega o comando regional pro coronel José Lucio Pires, que já deu seus pitacos no Itajaí e no meio-oeste.

  •  

Deixe uma Resposta