• Postado por Tiago

O bandido paranaense Adair Cordeiro quis dar uma de machão na noite de segunda-feira e acabou baleado em uma troca de tiros com policiais militares de Gaspar, que foram até Ilhota pra por as algemas no safado. O traste tá internado no hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, mas passa bem.

lEe tava pedido pela justa por ter matado um caboclo em Palmital, no Paraná, e foi descoberto escondido na zona rural da capital das Calcinhas. O mequetrefe tomou dois balaços nas costas e chegou malemale no pronto socorro.

Uma denúncia levou dois milicos a paisana da PM de Gaspar até o esconderijo de Adair, na localidade de Braço do Baú, na Ilhota. Passava das 19h quando os meganhas pintaram na estrada geral do bairro, encontraram o traste e anunciaram a prisão.

Como não tava disposto a parar na jaula, o paranaense sacou o trabuco, dando início a uma troca de tiros no meio da rua. Pra sorte dos policiais, o cara era ruim de mira, e acabou baleado. Adair quis atirar e correr e acabou tomando dois tirambaços nas costas, um deles pertinho da coluna.

Os vermelinhos da city foram chamados e o levaram o pra Itajaí, onde o permance internado. Os policiais peixeiros ficaram com a responsa de vigiar o preso enquanto ele tiver no hospital. A polícia de Gaspar vai pedir a remoção do bandido pro Paraná, já que as jaulas por aqui tão abarrotadas de presos.

  •  

Deixe uma Resposta