• Postado por Tiago

p---4-baleados-e-1-vitima-fatal---Alan-Eduardo-de-Lima p---4-baleados-e-1-vitima-fatal---Carlos-Alexandre p---4-baleados-e-1-vitima-fatal---Maicon-Lourenço

Os meganhas do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) saíram em rondas pela redondeza e bateram um papo com os zolhudos de plantão. Depois de ouvir os bisbilhoteiros, bateram numa baiuca da rua 426 e deram um guento nos primos Maicon Robin Lourenço, o Macacão, e Carlos Alexandre Amaral Lourenço, conhecido como Carlinhos.

Os amigos da onça admitiram que tavam na casa de Guinho quando se desentenderam com o trafica e mandaram balaços no cara. Ainda abriram o bico e contaram ter escondido as armas na casa de um colega. Sem perder tempo, os milicos baixaram na baia da rua 430 e guentaram o Alan Eduardo de Lima.

Pra alegria geral da nação, encontraram dois revólveres calibre 38 escondidos no quintal da residência. ?Um é normal e o outro está com a numeração raspada, mas o Carlos já assumiu que as armas são dele?, contou o delegado Gilberto Cervi.

Pra polícia o crime aconteceu por bronca antiga entre Guinho e Macacão. Pelas informações repassadas pelo delegado de Itapema, Carlos Dirceu, há uns dois anos Guinho teria se envolvido no assassinato de um rapaz e uma moça que eram parentes de Macacão. Além do acerto de contas, o bandidão e seu priminho seriam traficas do Morretes e tariam de olho no ponto de vendas de drogas comandado por Guinho. ?Com certeza foi execução. É coisa já marcada?, conta o dotô Dirceu.

Pros investigadores, Carlinhos e Macacão estavam na casa de Guinho, assistindo TV com o cara, antes do crime. Se fingindo de amigos do trafica, na metade da noite pediram pra ir ao banheiro e quando voltaram já estavam com os trabucos na mão e começaram o banho de sangue. ?Pra nós, que tentávamos prender o Ademar, achamos que a cidade não perdeu muito. Apesar de ser um ser humano, é um traficante a menos?, lascou o delegado Carlos.

Os delegados vai ouvir as testemunhas e os baleados que ainda estão no hospital pra ter provas contra os primos Carlinhos e Macacão. A dupla tá enjaulada na cela da delegacia de Itapema junto com Alan, que jura não ter participado da treta, mas tá em cana por porte ilegal de armas.

Todos os detidos têm ficha suja por tráfico ou porte de drogas. O mais encardido de todos é o Macacão, que coleciona broncas até por assassinato. Há dois anos foi acusado de matar um desafeto em Itapema. O bandido também é suspeito de mandar pra terra dos pés juntos Elton José Teixera, 29, encontrado morto com três tiros nas costas, no mês passado no Morro da Linguiça. O coitado foi assassinado no lugar do seu irmão que estaria devendo pra malocada.

  •  

Deixe uma Resposta