• Postado por Tiago

EP---Sub---Pavan---Foto-Jefferson-Baldo

Pavan despista sobre desistência

O vice-governador Leonel Pavan (PSDB) pode desistir da corrida pelo governo de Santa Catarina. Segundo informações do site Sulnotícias, Pavan teria dito, em entrevista ao jornalista João Paulo Messer, que vai se dedicar apenas ao término do mandato de Luiz Henrique (PMDB), que deve passar o bastão pro tucano no início de fevereiro.

?O PSDB tem bons nomes, o Dalírio Beber, o Jorginho Mello e tantos outros. Eu agora tenho como missão ajudar o governador Luiz Henrique da Silveira a terminar bem seu mandato e nosso trabalho de fazer Santa Catarina um estado cada vez melhor?, falou o tucano ao site.

Segundo o Sulnotícias, Pavan teria deixado em dúvida até se irá assumir o governo em fevereiro, como havia anunciado dias atrás, e ainda lembrado da importância da tríplice aliança. ?Se deixarem para se unir lá na frente é ruim?, disse.

Não negou

Surpreendentemente, o vice-governador não negou que tenha desistido de concorrer ao governo, mas também não declarou oficialmente sua desistência. Segundo sua assessoria, Pavan não está pensando mais nas eleições porque está focado nos preparativos de sua ascensão a governador, que deve acontecer nos primeiros dias de fevereiro. O tucano defende com unhas e bico a manutenção da tríplice aliança, mas não vai mais falar como candidato e deixará a campanha eleitoral apenas pro partido.

No PSDB, o discurso é o mesmo. O DIARINHO tentou entrar em contato com o ex-prefeito de Joinville e presidente estadual do PSDB, Marco Tebaldi, mas o cara esteve incomunicável o dia inteiro.

De acordo com a assessoria tucana, nada mudou e Pavan ainda é o pré-candidato ao governo, mesmo citando outros nomes de possíveis candidatos. A assessoria soltou ainda que Pavan terá que saber separar a candidatura do governo, e que quem cuidará das eleições é o partido.

  •  

Deixe uma Resposta