• Postado por Tiago

ABRE-CAPA-DE-GERAL-g---praia-lotada-01-de-janeiro-(8)

Praias ficaram lotadas nos dois primeiros dias do feriadão

A música ?Nós vamos invadir sua praia?, hit da banda Ultraje a Rigor, poderia ser usada para ilustrar o clima de Balneário Camboriú neste feriado de Ano Novo. A galera invadiu a cidade e tomou conta de todos os espaços. Os dois primeiros dias do feriado foram de praia lotada, parecendo um formigueiro. A turistada também aproveitou o calçadão, os shoppings e parques da city.

O feriado está sendo de aglomero de gente e de sotaques para todos os gostos. Tem gaúcho, paulista, paranaense, mineiro e carioca. Os gringos não poderiam faltar. A secretaria de Turismo informou que veio uma renca do Chile, Argentina, Paraguai e até do Peru passar a virada no Balneário. Segundo o capo da pasta e vice-prefeito da city, Cláudio Dalvesco, cerca de 800 mil pessoas passarão os primeiros dias do ano no município. ?O fluxo de turistas aumentou 22% este ano. Na quinta-feira, entraram em média 800 carros por hora na cidade?.

Com tanto movimento, a rede hoteleira se arregou. Mais de 90% dos quartos estão ocupados. Para a presidente do sindicato dos Hotéis de Balneário Camboriú, Karine Petters, a turistada deve vazar na próxima semana, mas as vagas devem ser preenchidas pelos gringos. ?Estamos com quase todos os quartos preenchidos. Vai diminuir o número de hóspedes na semana que vem, porém as excursões dos estrangeiros começam a chegar?, diz a mandachuva.

O vice-prefeito acredita que a maioria da galera que chegou pro Réveillon deve permanecer até o final da primeira quinzena de janeiro. ?Esse pessoal que chegou deve ficar umas duas semanas. O comércio está com uma movimentação intensa. Esse ano a temporada começou em novembro, e o poder aquisitivo dos turistas aumentou com o término da crise?, fala o bagrão.

Pensando no carnaval

O secretário de Turismo não confirmou, mas adiantou que deve trazer duas ou mais bandas da Bahia para eletrizar o Carnaval da city e prolongar a estadia dos turistas. A primeira opção era a cantora Cláudia Leite, mas com o filho recém-nascido e a maratona de shows do Carnaval baiano, ficou difícil trazer a ex-vocalista da banda Babado Novo. ?Estamos analisando os nomes. Queríamos a Claudinha, mas não deu. Segunda-feira vou apresentar as opções pro prefeito para ver as possibilidades. Traremos boas atrações, o Chiclete com Banana seria uma das bandas. Vamos ver se conseguimos uma parceria com a iniciativa privada?, adianta.

  •  

Deixe uma Resposta