• Postado por Tiago

Na faixa etária de 0 a 4 anos, apenas 2,47% das crianças surdas estão matriculados na creche. Entre 0 e 14 anos, 86,28% estão fora da educação infantil e ensino fundamental. Na faixa de 15 a 17 anos, 96,15% dos jovens que não podem ouvir também não estão matriculados do ensino médio. Dados do IBGE e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) mostram também que somente 0,94% dos surdos entre 18 e 24 anos estão matriculados na universidade. 

Os dados ressaltam a importância de iniciativas inclusivas, como a formação na Língua Brasileira de Sinais (Libras), a linguagem gestual usada pela maioria dos surdos brasileiros e reconhecida por lei. Pioneira na capacitação nesse campo, a UFSC oferece esse ano, pela primeira vez na modalidade presencial, cursos de graduação em licenciatura e em bacharelado em Letras-Libras. 

É a primeira graduação presencial do país direcionada a formar professores, tradutores e intérpretes da Língua Brasileira de Sinais. Mas não é a primeira iniciativa da UFSC nesse campo. O trabalho com pessoas portadoras de problemas auditivos iniciou em 2002, com a oferta de uma disciplina sobre Libras no Curso de Pedagogia. Nessa época começaram também pesquisas sobre a educação de surdos. 

Sobre o Vestibular para Licenciatura em Letras-Libras e Bacharelado em Letras-Libras: 

-Inscrições até 8 de junho, pela internet, no saite http://www.vestibular2009libras.ufsc.br/ 

– São oferecidas para o segundo semestre de 2009, no campus de Floripa, 40 vagas: 20 para a licenciatura, que forma professores, e outras 20 para o bacharelado, direcionado à formação de tradutores e intérpretes. 

– Os candidatos devem ter concluído ou estar em vias de concluir o ensino médio e apresentar fluência em Libras. 

– O concurso será realizado no dia 5 de julho, das 14h às 18h, em uma única etapa. 

– A prova terá 20 questões de conhecimentos gerais, que serão projetadas em Libras, e dez questões em língua portuguesa. 

– Serão reservadas 20% das vagas de cada curso (licenciatura e bacharelado) para candidatos que tenham cursado integralmente o ensino fundamental e médio em instituições públicas de ensino; 10% das vagas para candidatos autodeclarados negros, que tenham cursado integralmente o ensino fundamental e médio em instituições públicas de ensino e seis vagas para candidatos autodeclarados indígenas. 

  •  

Deixe uma Resposta