• Postado por Tiago

Quem pensa que chinelagem é mérito só dos pobres de plantão está enganado. Dois estudantes universitários foram em cana na noite de domingo acusados de furto no mercado Imperatriz, da Terceira avenida, no centro de Balneário Camboriú. O casal tava a fim de fazer um jantar romântico sem tirar nenhum tostão do bolso.

Os seguranças do supermercado estranharam o comportamento de Marina Pontes Cardoso, 21 anos, e Djalma Neri Ferreira Neto, 22, que tavam zanzando no mercado por volta das 18h de domingo. Os pombinhos foram vistos pelos brutamontes pegando produtos e colocando na bolsa e nos bolsos das roupas. Como se fossem invisíveis, os dois universitários tentaram simandar de dentro do mercado sem pagar por nenhum dos trecos.

Assim que os acusados passaram pela porta os seguranças deram o atraque. Chamaram o gerente da loja e pediram pra ver o que tinha dentro da bolsa. Quando abriram as sacolas encontraram creme de leite, palmito, cebola e até champignon, que é aquele cogumelo pequenininho. Foram encontrados ainda absorvente e camisinhas. Com o flagrante, Marina e Djalma foram levados pra delegacia de polícia.

  •  

Deixe uma Resposta