• Postado por Tiago

A bandidagem lucrou uma grana preta no início dessa semana em Camboriú. Os vadios de plantão levaram uns R$ 20 mil do cartório Saut, que fica na rua coronel Benjamin Vieira, no centro da cidade da pedra. O estrago foi descoberto ontem de manhã quando os peões chegaram pra trabalhar. Os pilantras que meteram o furto tavam super equipados, desligaram o alarme e telefones do escritório e fizeram a limpa sem que ninguém percebesse.

Pelas 8h, uma funcionária do cartório chegou pra trampar e tomou o maior susto. Quando apertou no botãozinho do alarme pra desativar o barulhento, descobriu que todo o sistema estava desligado. A mulé chamou o patrão, Z. J.S., 56 anos, que abriu a porta e encontrou o cartório todo revirado.

Todas as salas estavam viradas de cabeça pra baixo, gavetas fora do lugar, móveis jogados pelo chão no meio da papelada e o cofre tava arregaçado. De dentro do caixote de ferro, levaram cerca de R$ 20 mil em dindim. Além da graninha, os vadios surrupiaram documentos, cheques de diversos valores em nome de clientes do cartório e alguns títulos que estavam guardados. No fechamento desta edição, seu Z., dono do cartório, fazia o levantamento total do prejú.

Como não houve testemunhas, os homisdalei acreditam que os malandros tenham atacado na madrugada. A polícia civil esteve no local e apurou que os trastes entraram pelo telhado do cartório. Tiraram a telha do lugar, desativaram o alarme e o telefone e desceram pelo forro. No local foi encontrado um alicate, uma chave de fenda grandona e um boné.

  •  

Deixe uma Resposta