• Postado por Tiago

 

“Um pedacinho de terra perdido no mar. Num pedacinho de terra beleza sem par. Jamais a natureza produziu tanta beleza. Jamais algum poeta teve tanto pra cantar…”. Assim começa a canção “Rancho de amor à ilha”, do inesquecível poeta Zininho, que se tornou o hino oficial da capital.

Mas apesar da melodia marcante, os mais jovens e quem veio de fora não sabem quem foi Cláudio Alvim Barbosa. Por isso, um documentário em vídeo será distribuído nas escolas públicas de Floripa e bibliotecas do estado. Cópias do documentário “Um manezinho de apelido Zininho”, produzido pela TV Câmara, serão doadas através de uma parceria entre a câmara, secretaria de educação e Fundação Franklin Cascaes. O lançamento tá marcado pra agosto.

“Rancho de amor à ilha” foi vencedora de um concurso em 1965. Além dela, Zininho escreveu mais de 100 canções como “Joinville, cidade das flores”, também escolhida em concurso pra ser o hino daquele município.

Enriquecido por depoimentos de familiares e amigos do artista, o vídeo registra a passagem de Zininho pelas rádios Diário da Manhã e Guarujá, quando reuniu um rico acervo de fitas, fotos e discos. O vídeo também será exibido na Casa da Memória e no teatro da UBRO. O documentário tem roteiro de Andrea Busato e é baseado na obra “Zininho”, de Raul Caldas Filho.

  •  

Deixe uma Resposta