• Postado por Tiago

Setecentos idosos vão realizar uma passeata de protesto contra a violência na terceira idade, a partir das 14h de segunda-feira, 15, em Florianópolis. Com a frase “Eu respeito o idoso”, estampada em faixas e camisetas, homens e mulheres com mais de 60 anos participam do “Dia Mundial de Mobilização e Conscientização da Violência à Pessoa Idosa” com uma grande caminhada pelas principais ruas da city.

A concentração será no Largo da Alfândega. Dali os véinhos seguem pelas ruas do Centro Histórico, contornam a praça XV, descem na Felipe Schmidt e retornam para o Largo da Alfândega. O evento na capital foi organizado pelo Conselho Municipal do Idoso em parceria com o Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (Ciaprevi), da Secretaria Municipal da Assistência Social e Juventude.

De acordo com a assistente social do Ciaprevi, Rita de Cássia, a violência contra o idoso vem aumentando consideravelmente na Capital. Em 2008, foram denunciadas à Secretaria de Assistência Social e Juventude 1047 ocorrências. Deste total, 394 (37,73%) são negligência, 214 (20,45%) agressão psicológica, 177 (16,90%) abuso financeiro, 114 (1,90%) agressão física, 103 (9,83%) abandono, 41 (3,91%) alta negligência e 4 (0,38%) violência sexual.

Programação

Segunda-feira ( 15/6)- Caminhada de Mobilização da Violência Contra a Pessoa Idosa, a partir das 15h. Concentração no Largo da Alfândega, centro.

Terça-feira ( 16/06) – Audiência pública na Câmara dos Vereadores, às 15h: “A questão da violência contra a pessoa idosa”.

Quinta-feira ( 18/06) – Worshop, no auditório do Senac da Prainha, das 14h às 17h, onde será debatido “Atenção e Proteção à Pessoa idosa: Responsabilidade da Família e o Papel do Estado”.

  •  

Deixe uma Resposta