• Postado por Tiago

A velejadora catarinense Bethina Luiza Hoffmann garantiu ontem, domingo, a única vaga reservada para o Brasil na classe Laser Radial Feminino no Campeonato Mundial da Juventude de Vela, marcado para julho em Búzios, no Rio de Janeiro, competição que reunirá quase 300 velejadores de até 18 anos de idade de 59 países. A sócia-atleta do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha (ICSC), de Florianópolis, fala sobre a vitória de ontem na seletiva – a Copa da Juventude – disputada também em Búzios: “Estou muito feliz, porque foi uma vitória apertada. Estávamos empatadas na penúltima regata e consegui vencer na última, o que foi uma surpresa, porque eu vinha em terceiro lugar nos outros dias”, conta Bethina, que somou 12 pontos. Ou seja, venceu com apenas um ponto de diferença em relação à segunda colocada, Gabriela Rojas, do Iate Clube Brasileiro de Niterói. Em terceiro lugar ficou Anelize Caminha, do Veleiros do Sul de Porto Alegre, com 15 pontos.

A seletiva foi disputada durante quatro dias, apenas o segundo (sexta-feira) com vento forte. As garotas da Laser Radial correram oito regatas e os rapazes, nove, entre eles os catarinenses Guilherme Pereira (terceiro colocado), Diego Montautti (quarto lugar) e Leonardo Mazzaferro (em sexto). Guilherme Pereira, que correu pelo ICSC com Diego, chegou a liderar a competição, mas no final somou 28 pontos e perdeu para Stefano Mazzaferro, com 24 pontos, e para Carlo Mazzaferro, com 26 pontos.

O Mundial da Juventude deste ano, entre 9 e 18 de julho, será a segunda maior edição do evento, perdendo somente para a de 2006 na Inglaterra, quando participaram velejadores de 63 países. Serão 10 atletas brasileiros de cinco classes, e lá estará Bethina na Laser Radial Feminino, a jovem de 16 anos nascida em Balneário Camboriú que mora em Itajaí, onde cursa a segunda série do Ensino Médio.

  •  

Deixe uma Resposta