• Postado por Tiago

INTERNA_abre-esquerda_venda-de-carros_agência-brasil

Preço dos carangos baixou e povão aproveitou a barbada

A venda de carros no Brasil cresceu 11,4% no ano passado e bateu o recorde de todos os tempos. Os dirigentes da associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) dizem que o maior número de vendas foi de veículos de motores bicombustível, também chamados de flex e que funcionam com álcool ou gasolina.

O engravatado Jackson Schneider, presidente da Anfavea, em entrevista pra Agência Brasil, disse que a venda de carros bombou em 2009 graças às medidas tomadas pelo governo federal. O incentivo ao crédito e a diminuição do imposto sobre produtos industrializados (IPI) foram algumas delas. ?A diminuição do IPI foi um fator fundamental porque, de certa forma, além do efeito de diminuição de preços, teve também um componente emocional importante, porque chamou o consumidor para a loja?, analisa.

No ano passado, 3,14 milhões de carangas foram licenciadas. Os veículos flex responderam por 88,2% das vendas. Do total de carros vendidos, 15,6% foram de importados.

Produção diminui

Apesar das vendas bombarem, a produção de carros no Brasil diminuiu 1% no ano passado comparado com 2008. Em 2009 foram 3,18 milhões de possantes fabricados. Mas, de acordo com a Anfavea, a queda não teve quase implicação econômica pro setor.

Pra 2010 a expectativa é de aumento de 8% na produção.

  •  

Deixe uma Resposta