• Postado por Tiago

As vendas da indústria catarinense recuaram 9% em abril em relação ao mesmo mês de 2008, e 6% no acumulado do ano, divulgou ontem a Federação das Indústrias – Fiesc. De acordo com o levantamento, realizado com 200 médias e grandes empresas, no acumulado de janeiro a abril deste ano os setores que mais registraram queda no faturamento real (já descontada a inflação) foram o de produtos metálicos (-32%), cristais e vidro (-31,1%), metalurgia básica  (-25,1), produtos de madeira (-16,5%), veículos automotores, carrocerias e autopeças (-16,3%), artigos de plástico (-15,3%) e produtos químicos (-13,4%). 

Entre os segmentos que apresentaram crescimento estão o de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (10%), confecções e artigos do vestuário (7,1%) e móveis (5,6%). 

Para o diretor de relações industriais e institucionais da Fiesc, Henry Quaresma, a queda nas vendas e nas horas trabalhadas refletem o cenário econômico atual. As empresas têm adotado medidas como férias coletivas e redução da jornada de trabalho devido à retração na demanda.

  •  

Deixe uma Resposta