• Postado por Tiago

Luiz Paulinho Rodrigues foi assassinado no Canto da Praia em Itapema

A tarde de ontem começou sangrenta pros lados de Itapema. Um vendedor foi encontrado morto dentro de seu carango no bairro Canto da Praia, com dois pipocos nos braços e dois no peito. A puliça acredita que a tragédia tenha rolado por ciumeira e já tem um suspeito de ser o matador. O cara tá fugido e ainda não foi encontrado pelos homisdalei.

Era por volta das 13h quando a peãozada que trampava numa obra na rua 901, na subida do morro do Cabeça, que fica no Canto da Praia, ouviu uns tirombaços. Os abelhudos pararam tudo o que tavam fazendo e correram pra dar um bizu no que tinha rolado.

Eles encontraram uma cena de arrepiar até cabelo de careca: um Astra vermelho tava parado no meio da rua e o motora do possante tinha sido peneirado com quatro balaços. Dois tiros furaram os braços do pobre e outros dois foram parar em seu peito, no lado esquerdo.

O pessoal se apavorou e chamou o socorro. O Samu não demorou a pintar na área, mas já não tinha mais nada a fazer pelo cara, que tinha passado dessa pra uma melhor. O morto foi identificado como sendo o vendedor Luiz Paulino Rodrigues, 33 anos, e o caso ficou nas mãos da puliça Civil.

Enquanto o corpo era recolhido pelos peritos do instituto Médico Legal (IML), os homisdalei ouviam a vizinhança pra tentar descobrir quem foi o responsável pela desgraça. Eles souberam que o atirador seguiu Luiz numa motoca Honda Twister prateada, e na subida do morro fez ele encostar. Então, chegou junto da janela do motora e disparou quatro vezes, antes de fugir desembestado.

O delegado Gilberto Cervi, que ficou responsável pelas investigações, disse que a polícia trabalha com a hipótese de crime passional. Luiz teria passado umas mensagens suspeitas por celular pra uma mulé, e o ex-marido dela, de nome Joel, de quem ela tinha se separado há pouco mais de um mês, teria ficado com dor de cotovelo e decidido se vingar.

?A mulher do Joel ficou uns dias em Itajaí com a filha, que tava internada no hospital. O celular dela ficou com ele, e ele lia as mensagens que o Luiz passava pra ela. Ontem ela foi liberada, ele a buscou, levou em casa e dali teria saído pra matar o Luiz?, contou o delegado. Depois que provocou a desgraceira, Joel não foi mais visto. Ele tá sendo procurado pelos tiras, pra que possa sisplicar sobre a tragédia.

  •  

Deixe uma Resposta