• Postado por Tiago

INTERNA-10-LATERAL-g---vereador-fabricio

Fabrício acha que o prefeito-ave tá fazendo corpo-mole

O vereador Fabrício de Oliveira (PSDB) promete dar uma de dedo-duro e entregar o prefeito Edson Periquito (PMDB) ao Ministério Público (MP) até amanhã. O tucano acha que o homem-pássaro tá fazendo corpo-mole pra botar em prática as leis aprovadas pela câmara que ganharam um não bem grande quando chegaram à prefa, mas tiveram o veto derrubado na casa do povo.

O que deixou Fabrício intisicado foi saber que pelo menos duas das leis que tão mofando na gaveta de Periquito são projetos seus. Uma delas é a lei de transparência, que obriga o governo a publicar cada compra, processo licitatório e contratação no saite da prefa, pra que todo o povão tenha acesso às informações.

A ideia foi aprovada pelos edis, mas o prefeito vetou o projeto alegando que a novidade traria gastos à prefa, e, por lei, os vereadores não podem criar novas despesas pro executivo. A proposta voltou à casa do povo, passou por nova votação e o veto foi derrubado.

O outro projeto de lei de Fabrício, que Periquito não fez vingar até agora, é o da desburocratização, que obriga o município a disponibilizar na internet as guias pra retirada de papélis da prefa. ?A prefeitura já tem esse software (programa de computador), é só colocar a lei em prática?, reclama o vereador.

O tucano diz que tá fazendo uma lista de todos os projetos aprovados que ainda não tão rolando e vai levar ao MP. ?Isso tem que ser verificado, porque não tão sendo colocadas em prática leis que tão em vigência?, lascou.

Precisa de tempo

O procurador da prefa, dotô Marcelo Freitas, diz que as leis ainda não foram colocadas em prática por falta de tempo. ?Temos três tipos de cadastros na prefeitura, no Planejamento, na Fazenda e na Procuradoria. Temos que ter um cadastro único pra fazer a desburocratização, é uma reestruturação interna que depende de um tempo razoável?, afirmou.

Quanto à proposta da transparência, o procurador garantiu que ainda tá no prazo. ?O projeto estabelece que tem 60 dias pra lei começar a ser cumprida. A lei tá em vigor, mas ainda temos tempo pra cumprir?, garantiu. Dotô Marcelo disse que não tá descartada a hipótese de procurar a dona justa pra tentar derrubar as duas leis. ?Tem toda a questão de gerar despesas, o que os vereadores não podem fazer. Estamos analisando isso?, carcou.

  •  

Deixe uma Resposta