• Postado por Tiago

INTERNA-10-ABRE---g---aterro-das-lajotas

Vereador diz que lajotas foram enterradas

O vereador João Miguel Tatá (PSDB) pediu ao ministério público (MP) que investigue o suposto sumiço de lajotas retiradas pela empreiteira Via Pav da obra de revitalização da Quinta avenida. O parlamentar tucano suspeita que o material retirado ? que poderia ser usado em outras ruas da city ? foi enterrado como lixo.

Antes de entregar a denúncia ao MP, Tatá passou um mês de olho no trampo da empreiteira e chegou a flagrar um descarregamento das lajotas num terreno nos fundos das lagoas de decantação da Emasa, no bairro Nova Esperança. O vereador se diz cabreiro com a situação. ?Fui diretor de obras por três anos e meio e, na minha época, se usava [as lajotas retiradas de outras ruas] pra calçar ruas que ainda não tinham pavimentação?, lascou.

O mistério das lajotas perdidas já rendeu dois pedidos de informação na câmara de vereadores, mas nem a empresa e muito menos a prefa deram uma explicação pro vereador encucado. ?O secretário de planejamento [Claudir Maciel] ligou pra mim, pasmo com a situação. Eles [a prefa] estão fazendo a investigação deles e eu a minha denúncia ao ministério público?, disse o vereador.

Tatá jura que não quer confusão com a prefa e nem com a empreiteira. A ideia do parlamentar é só consertar a suposta burrice. ?De repente faltou fiscalização, mas a situação tem que ser corrigida?, lasca. Pro vereador, uma das soluções seria amontoar as lajotas num dos terrenos ao lado da câmara de vereadores ou da secretaria de obras pra depois decidir onde usar o material.

Na prefa

O secretário de obras, Valmir Pereira, garante que a prefa tem averiguado de perto o trampo da empreiteira e que todo o entulho da reforma da Quinta avenida vai parar num bota-fora. A orientação da secretaria de obras é pra não jogar as lajotas fora, segundo o abobrão. ?No bota-fora é possível que vá uma lajota ou outra, mas se estiver acontecendo em grande quantidade é responsabilidade da Via Pav?, disse.

O diretor de obras da Via Pav, Mário Luis Cristani, jura que seus peões levam as lajotas pra um terreno na Barra, conforme o combinado com a prefa, e tentou colocar o perrengue na cola de outras empresas. ?Têm empresas que estão fazendo a obra do esgoto que também retiram e não sei como elas estão fazendo?, disse.

  •  

Deixe uma Resposta