• Postado por Tiago

CAPA-ABRE-posse-samir-mattar

Se o projeto vingar, o salário do prefeito diminui três mil reales

O vereador Jair Irineu Bernardo (PSB) bolou um projeto que tá tirando o sono dos abobrões de Barra Velha. Ele quer meter a tesoura no salário do prefeito, do vice e de todos os cargos de confiança da prefa. A justificativa é que, com a crise, os cofrinhos do município tão criando teias de aranha de tão vazios. E tudo o que é arrecadado com o imposto acaba nos bolsos da barnabezada ou na manutenção da estrutura administrativa.

O edil, que é presidente da casa do povo, carca que o aumento aprovado pela câmara no ano passado, que elevou em até 80% os salários dos mandachuvas na prefa, não levou em conta o dindim que o município arrecada. Jair completa lembrando que vários cargos foram incorporados ao governo e diz que a conta não tá fechando. ?Não se pode, com isso, executar diversos projetos com vistas à implantação de diversas políticas públicas tão necessárias à nossa comunidade?, caneteia.

Os cortes nos faz-me-rir variam de 100 pilas a três mil reales. Se a proposta for aprovada, o salário do prefeito Samir Mattar (PMDB), por exemplo, vai passar de R$ 11 mil pra R$ 8 mil. Os abobrões, que ganham a bagatela de R$ 5,2 mil, vão passar a embolsar R$ 3,7 mil num mês sim e no outro também. A redução também vale pros diretores de secretarias, assessores de gabinete e puxa-sacos de diretores.

Apesar da redução de salários ser proibida por lei, Jair caneteia em sua proposta que quem tem mandato eletivo, como é o caso do prefeito e do vice, e os abobrões nomeados por eles, são exceção à regra. Ontem à tarde, o edil tava em reunião na casa do povo e não foi encontrado pra comentar sobre sua ideia.

Tô contigo e não abro

O vice-prefeito Claudemir Matias (PSB), que é coleguinha de partido do vereador Jair, diz que, apesar de seu nominho estar na lista das reduções salariais, dá total apoio ao projeto. Ele acha que já tava na hora de alguém se mexer pra acabar com o oba-oba dos salários de marajá. ?A prefeitura tá demorando pra fazer uma reforma administrativa. O município tem muitas pendências financeiras, e estamos reféns disso?, lascou.

Questionado se o prefeito Samir não vai ficar bicudo com o projeto, a resposta de Matias é não. ?O prefeito tá com dificuldade em fazer isso. Pra que esperar mais? São decisões que têm que ser mais enérgicas. Quatro anos passam muito rápido?, carcou.

Samir não foi encontrado pra dar seus pitacos sobre o projeto de lei. Mas seu assessor de gabinete, Luiz Henrique da Silva, disse que ainda não tava sabendo da proposta. ?Temos que ver como isso vai funcionar, porque já temos um projeto de reforma administrativa que vai reduzir cargos e diminuir os gastos com folha de pagamento automaticamente?, afirmou. A assessoria de imprensa da câmara informou que o projeto do vereador Jair deve entrar em votação na próxima semana.

  •  

Deixe uma Resposta