• Postado por Tiago

Casos escabrosos não faltaram envolvendo vereadores de todas as legendas. Teve ameaça de estupro, porrada na cara, incentivo à invasão de áreas públicas, fraudes e, é claro, legislar em causa própria. Em 1980, o vereador B.S., de Balneário, foi o primeiro a ser denunciado por ameaça de estupro de uma menina de 10 anos. Em novembro de 1981, foi a vez do vereador P.C.L. se engraçar pra cima de uma estudante de enfermagem. E em 1992, R.P. foi acusado de nhanhar com uma dimenor.

Em abril de 1988, Hercílio Zucki deu na cara do presidente da câmara, Olímpio Milanês Jr. E, em Ilhota, voaram socos e pontapés entre os vereadores Valdemar Schimitt, o prefeito Henrique Shaat e o delegado Carlos Henrique. Em setembro, foi denunciada uma fraude nos exames de carteira de motorista pra beneficiar candidatos a prefeito. Rui Pereira, que também era construtor, foi processado em Piçarras, em fevereiro de 1990, por receber grana pra construir um ginásio no valor de 27 milhões de cruzados novos e necas de pitibiriba. Em janeiro de 1992, ele foi acusado de comprar cinco mil dólares da Cristal Tur com cheque roubado. E, em outubro, de comprar votos.

Em 1992, os vereadores peixeiros deram uma mostra do valor que dão à coisa pública: aumentaram os próprios salários em 400%. Entre os secretários que aprontaram nesta época, dois destaques: Walmir dos Santos (Fazenda) e Maria Elisabeth Bittencourt (Educação). Walmir virou manchete em julho de 1983, depois que os donativos pros flagelados da enchente caiam diretinho na sua conta. A denunciante era Clara Stringari, de Sampa.

Já a secretária de Educação ficou com a cabeça a prêmio por ter comprado 12 mil uniformes sem licitação, em 1989. Ela foi afastada do cargo pra responder a inquérito, e em fevereiro de 1990, mais quatro pessoas foram acusadas de fraude e falsificação de documento. No mês seguinte, Leda Nasser acusou a secretária de fraudar concurso do magistério, em 1976, apresentando documento como normalista, sendo que ela tinha feito o científico.

  •  

Deixe uma Resposta