• Postado por Tiago

O povão que usa o molhe norte de Navega como local de lazer ficou fulo da vida quando, no domingo, viu carangas entrando e saindo numa boa do local. Até então, o molhe era liberado só para pedestres. Ranulfo José de Araújo, 48 anos, o Fifo, pegou de jeito o vereador Evandro Argenton (PSDB), um dos responsáveis por liberar a passagem de veículos. Ontem, depois da puxada de orelha, a entrada foi fechada novamente. O morador pede pros edis consultarem o povão antes de fazerem merda.

“Pedestre não tinha vez, quem tinha vez era carro”, reclama Fifo. O dengo-dengo conta que a esposa e a sogra foram dar um passeio no molhe e voltaram com a notícia: as carangas tavam tomando conta do local. Fifo é um frequentador assíduo do molhe e sempre caminha por lá. Conta que os moradores usam o molhe como ponto de lazer, onde as crianças podem brincar na buena.

Fifo procurou o vice-prefeito Emílio Vieira (PP), que informou que a abertura tinha sido solicitada pelos vereadores Argenton e Fredolino Alfredo Bento (PMDB). Na quarta-feira, enquanto trabalhava na avenida João Sacavem, Fifo bizolhou Argenton andando pela rua e foi conversar com ele. O vereador se defendeu e disse que o molhe já tava pra ser fechado dinovo, por conta das inúmeras reclamações do povão.

Segundo Argenton, a ideia foi mesmo dele e de Lino durante a sessão da casa do povo, que contou com a participação do superintendente do porto de Itajaí, Antonio Aires dos Santos Júnior. O conversê rolou há 15 dias e todos os vereadores concordaram em liberar a passagem de carros, pois ajudaria o pessoal que vai pescar ali.

A sugestão dos edis só foi colocada em prática neste domingo, com a retirada das correntes que impediam a passagem de veículos. Argenton comenta que todas as manhãs anda pelo local e na segunda-feira já começou a ouvir o reclame da galera. No mesmo dia, ele pediu ao superintende do porto para impedir a passagem das carangas novamente e ontem o pedido foi atendido.

  •  

Deixe uma Resposta