• Postado por Tiago

Todos os vereadores dengo-dengos aprovaram requerimento feito por Evandro Argenton (PSDB) para que a capitania dos portos fiscalize as barcaças do ferri-bote. A suspeita é de que elas despejem óleo no rio, todos os dias. Isto porque, segundo o edil, o estado de conservação tá bem precário.

A suspeita começou depois que Argenton tava conversando com um funcionário do ferri-bote. O trabalhador disse que as barcaças tavam podres e pediu para que o parlamentar desse um jeito. O peão também informou que tava vazando óleo do motor, por causa da corrosão causada pela salinidade. Argenton diz que até tentou falar com os bagrões da empresa, mas não conseguiu contato. O jeito foi fazer um requerimento e pedir uma inspeção da capitania dos portos pra verificar se existe vazamento. “Através de pesquisa sabemos que uma gota de óleo contamina um milhão de litros de água. A dragagem já é um problema, agora com o vazamento de óleo impede que qualquer espécie de animal se reproduza no local”, sipreocupa.

Na segunda-feira, o vereador apresentou o requerimento e todo mundo aprovou. Argenton disse que ontem o presidente da câmara, Alcídio Reis Pera (PMDB), iria protocolar e enviar o pedido ao comandante da delegacia da capitania dos portos. O comandante Edilson Vieira Salles disse que desconhecia o pedido dos vereadores dengo-dengos. Salles explica que a fiscalização da capitania dos portos é feita sempre que alguém denuncia, ou no caso de vazamento de óleo, quando na inspeção naval os marinheiros encontram alguma mancha. O comandante diz que cada embarcação também passa anualmente por uma vistoria para verificar se tem condições de navegabilidade.

Zóio nos fumantes

Na quinta-feira, o vereador Argenton fez mais um requerimento para fiscalização no ferri-bote. Desta vez, o alvo foram os fumantes. Argenton explica que existe uma lei federal que proíbe o cidadão de fumar em transportes coletivos. A exceção é quando a viagem é maior que uma hora, mas tem que ter um lugar específico.

O edil comenta que cada vez que faz a travessia se depara com a barbaridade, do tipo grávida tendo que guentar fumaceira na cara por causa de fumante mal educado e ainda xepas de cigarros sendo jogadas no rio. Este requerimento também teve aprovação unânime. O documento foi enviado às prefas de Navega e Itajaí, ao ministério dos transportes e departamento aquaviário, secretaria estadual de saúde, vigilância sanitária e Anvisa.

  •  

Uma Resposta to “Vereadores querem que capitania investigue vazamento de óleo no ferri-bote”

  1. felix Diz:

    Se o comandante Salles afirmou não ter recebido qualquer informação da situação atual das embarcações é porque tal requerimento não teve prosseguimento.
    O motivo para tanto é assunto de comentários na cidade, onde dizem haver interesse do atual presidente da casa legislativa na empresa que faz a travessia.
    Seria motivo suficiente para investigação?
    O que diz o MP?

Deixe uma Resposta