• Postado por Tiago

g---vereador-fabricio

Fabrício não aprova entrega do PA da Barra pra iniciativa privada

A casa do povo de Balneário Camboriú voltou ao trampo ontem, com pisadas no calo do prefeito Edson Periquito (PMDB). Um pedincho do vereador Fabrício de Oliveira (PSDB), pra que todos os convênios assinados pela prefa passem pela câmara, pra ganharem uma bizolhada cuidadosa, foi aprovado por unanimidade. O projeto ainda tem que ser submetido a uma segunda votação, mas o edil acredita que deverá ganhar um sim dinovo.

O tucano resolveu carcar o projeto depois que o homem-pássaro conseguiu uma liminar na dona justa permitindo que a prefa firme convênios de repasse de grana sem passar pelos edis. ?A ideia é que o teor dos convênios possa ser analisado pelo legislativo?, afirmou.

A proposta ganhou aprovação da turminha da oposição, do novo grupo, formado pelos vereadores Orlando Angioletti (DEM) e José Carlos Hannibal (PP), e até dos representantes do governo. O chefão da bancada governista, vereador Claudir Maciel (PPS), só questionou o tempo dado pra que o prefeito-ave mande os convênios pra bizolhada: 24 horas, e sugeriu que o prazo seja aumentado. ?É um projeto que fortalece o legislativo. Não tem por que não passar?, disse Fabrício.

A surpresa da noite ficou por conta do tema livre, que foi mais fraquinho do que o esperado pra depois de quase dois meses de sombra e água fresca. A única cutucada foi, mais uma vez, do Fabrício, que bateu pé e disse que não aprova a entrega do pronto-atendimento da Barra a uma entidade enquanto Periquito não mandar um relatório do custo que vai ter o novo postinho.

  •  

Deixe uma Resposta