• Postado por Tiago

CONTRA-ABRE---s---apresentação-viola-no-brusque---foto-seth-cohen---07.01.10-(6)

Esperado por muitos torcedores, tetracampeão se apresentou oficialmente ontem, num evento que marcará pra sempre a história do clube. O folclórico atacante também prometeu uma chegada diferente pra torcida hoje, no estádio Augusto Bauer

O relógio marcava 15h40 ontem quando uma BMW branca parou em frente à matriz da Havan, em Brusque. Dentro do carrão saiu Viola, já vestindo a camisa do time da Marrecolândia, pra delírio da galera que o esperava do lado de fora da loja ? o povaréu esperou uns 40 minutos, porque o boleiro tava preso no trânsito. Com sua irreverência e bom humor, o veterano atacante de 41 anos entrou na Havan pra se apresentar oficialmente ao Brusque, usando boné pra trás, óculos escuros e uma baita bermuda vermelha.

Cercado por muitos torcedores, curiosos e dirigentes do clube, Viola era só simpatia. Depois de esperar um cartola ler toda sua ficha técnica, que não é nada pequena, o atacante finalmente falou. E bonito, pra fazer moral com a massa. ?Vou respeitar a camisa do Brusque como se estivesse no Corinthians no começo da minha carreira?, mandou, lembrando do título do campeonato Paulista que conquistou em 1988, quando tinha 18 anos.

Empolgada, a galera da organizada Força Independente, que fazia o maior barulho pra chegada da nova estrela do lado de fora da Havan, já criou um novo grito pro jogador: ?É do Viola, gol toda hora!?. Sem o título do Catarinense desde 1992, que aliás é o único da história do clube na primeira divisão, os torcedores mais exigentes aprovaram a chegada de Viola. ?É uma boa vinda, vai ser uma grande atração, todos aprovaram. É o nome que esperávamos?, fala o marreco Carlos Cervi.

Pra ficar marcado

Um dos mais empolgados com a chegada de Viola era o presidente do Brusque, Danilo Rezini, que não mediu palavras ao falar da contratação. ?É um acontecimento ímpar na história do Brusque. Dispensa qualquer tipo de comentário. É uma estrela nacional e internacional?, lascou o cartola.

Contente com o carinho dos torcedores, Viola não prometeu gols, mas disse que não faltará empenho nessa sua primeira passagem por um time do sul do país. ?Eu nunca prometo gols, prometo honra e dedicação. O gol é consequência de um bom trabalho, isso eu sei fazer, o número nove é responsável. Nos treinos vou conversar com os companheiros pra que a bola chegue limpa pra empurrar?, garante o jogador.

Hoje tem surpresa

Famoso por se apresentar aos clubes que o contratam sempre de forma irreverente, Viola promete que hoje não será diferente. Ele vai ser apresentado à torcida no estádio Augusto Bauer, às 17h45, antes do amistoso do Brusque contra o Rio Branco/PR. ?Já me apresentei chegando de Fusca e no Santos cheguei de helicóptero e limusine. Tenho certeza que amanhã (hoje) vou aprontar alguma, minha chegada vai ser em alto estilo. Não sei se de cavalo ou carroça?, brinca ele.

Já tá fazendo média

Mesmo experiente, Viola ainda continua polêmico. Perguntado se o Brusque seria seu último time na carreira, ele negou e ainda disse que pensa em ficar mais. ?Eu já tô até pensando em deixar o meu contrato prorrogado com o Brusque?, falou, pra alegria do presidente do clube. ?Quando pensamos em trazer uma estrela pro Brusque, pensamos em vários nomes, mas o Viola é o camisa nove que precisamos, um goleador nato?, disse o cartola.

  •  

Deixe uma Resposta