• 20 jun 2009
  • Postado por Tiago

CONTRA-ABRE---s---figueirense-x-parana-clube---lateral-lucas-foto-rubens-flores-19jun09-(2)

Figueira não joga bem, mas ganha do Paraná por 1 a 0

Com um desempenho meia-boca, o Figueirense conseguiu vencer o Paraná por 1 a 0, em jogo que rolou ontem à noite, no estádio Orlando Scarpelli, em Floripa. O gol foi marcado pelo artilheiro do time, o atacante Rafael Coelho. ?Fico feliz em marcar mais um gol depois de ter perdido aquele pênalti (contra o Atlético/GO, na rodada passada)?, comentou.

Mas a boa novidade da noite foi o reencontro do meia Fernandes com a torcida alvinegra. Apesar de reclamar de dores no intervalo do jogo, o ídolo permaneceu em campo até o final. ?Com certeza a gente vai colher frutos positivos na sequência da competição. Estou feliz porque estou podendo aos poucos voltar a fazer minhas jogadas fortes?, garantiu. Chorando muito, Fernandes foi ao encontro da torcida. ?Por causa deles eu não desisti de jogar. Eles são a força que me apoiou no momento mais difícil. Eles são a minha vida?, afirmou o emocionado meia.

Desta vez, o goleiro Wilson não teve tanto trabalho, pois o Paraná quase não assustou. ?Parece que tiramos a nhaca. Deus glorifica quem bem trabalha e agora é seguir nesse rumo de vitórias?, comentou o arqueiro, ao final da partida. Com os três pontos, o Figueira pulou pro sétimo lugar provisoriamente, com 10 pontos.

Coisa sofrida

Apesar do time entrar numa formação que até agradou os torcedores, a ilusão quanto ao desempenho do Figueirense durou pouco. Bastaram alguns minutos do sétimo jogo do time na Segundona pra todo mundo perceber que a coisa parece que tá empacada. Do lado do Paraná, a coisa também não foi muito boa.

O jogo iniciou truncado e o Figueira com dificuldade de atuar coletivamente. O primeiro tempo teve alguns momentos de emoção dos dois lados, mas as duas equipes não conseguiram anotar.

O técnico Zetti modificou o Paraná no intervalo. Tirou Davi pra entrada de Dinelson. No Figueira, Roberto Fernandes optou por dar mais um tempo. O jogo até que começou melhor e o Figueira voltou com mais empolgação, mas a qualidade técnica ainda deixava muito a desejar. Isto sem falar da arbitragem, que tava perdida.

Aos poucos, o time manezinho foi crescendo e se acalmando. Até que aos 33 minutos saiu o gol da vitória. Lucas fez boa jogada, passou por dois e deixou a bola pra Rafael Coelho. O atacante alvinegro aproveitou o erro do adversário, gingou em cima do goleiro Nei e tocou a bola pro fundo da rede.

O gol tirou o dedo do fióte do Figueira, que respirou aliviado. O Paraná tentou correr atrás do prejuízo, mas já era tarde. Na última tentativa, aos 43 minutos, o goleiro Wilson impediu o empate com uma linda defesa na conclusão de Dinelson. Na próxima rodada, o Figueira joga em casa dinovo. Recebe o Vasco no Scarpelli.

  •  

Deixe uma Resposta