• Postado por Tiago

INTERNA-8-ABRE---Praça-destruída-(1)

Pracinha amanheceu toda detonada

Seis palmeiras caídas, sarrafos soltos nos bancos, gramados, flores e meio-fio destruídos pelas rodas de uma caranga. Este é o estado em que amanheceu ontem a pracinha Armação do Itapocoroy, inaugurada no domingo e que leva o mesmo nome da comunidade, na Penha. Os vândalos acabaram com a praça que custou cerca de R$ 60 mil aos cofres do município. ?A gente não tem como culpar ninguém, mas essas pessoas não gostam da cidade e nem sabem viver em sociedade?, lasca o prefeito Evandro Eredes dos Navegantes (PSDB).

Segundo um morador misterioso que comunicou o vandalismo à prefa, cinco mequetrefes chegaram à praça por volta das 5h com uma pick-up Pampa branca. O possante invadiu o canteiro lateral. Os trastes desceram e começaram a depredar o local, se balançando nas palmeiras e correndo por cima das flores e bancos. A prefa acredita que as palmeiras caíram também devido a ventania que rolou na madruga.

Este foi o primeiro caso de vandalismo registrado na city neste ano. A administração anterior passou pelo mesmo problema no ano passado, quando desalmados destruíram toda a iluminação do recém-inaugurado trapiche, no mesmo bairro.

De acordo com o prefeito, na quinta-feira ele conversou com o secretário de administração sobre a criação de uma guarda patrimonial. O prefeito afirma que daqui a alguns meses irá abrir concurso público para contratar os guardinhas. ?É um serviço que se tornou indispensável pra cidade?, lascou.

Ontem os peões da prefa já tavam dando um jeitinho no local. A prefeitura chamou a empreiteira ontem mesmo para avaliar os estragos e não sabe ainda quanto vai gastar pra deixar a praça como era antes.

O caso foi registrado na delegacia da city e será investigado pelos tiras. Os idiotas de marca maior que praticaram a barbaridade podem pegar de seis meses a três anos de prisão e ainda pagar multa por dano qualificado contra o patrimônio do município.

  •  

Deixe uma Resposta