• Postado por Tiago

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça decide na manhã desta terça-feira se liberta Marcelo Vieira da Cunha, 23 anos, acusado de participar de um racha que matou o cabo da PM Cláudio Costa em Porto Belo, em agosto. A votação do pedido de habeas corpus, iniciada na sessão anterior, está empatada: o desembargador Newton Varella Júnior autorizou a soltura, mas a relatora Marli Mosimann Vargas negou. Quem dará o voto de minerva será o presidente da Câmara, desembargador Rui Barreiros Fortes, que pediu vistas do processo.  O empresário cumpre prisão preventiva na delegacia de Porto Belo desde que se apresentou acompanhado do seu advogado, Cláudio Gastão da Rosa Filho, há quase duas semanas.

  •  

Deixe uma Resposta